Ossada de suspeito de estuprar enteada em Araçariguama é encontrada em cemitério clandestino

Serralheiro era procurado desde março deste ano pela Justiça

Fonte/ imagens: Portal G1
Foto sobre "Ossada de suspeito de estuprar enteada em Araçariguama é encontrada em cemitério clandestino"

Um dos três corpos encontrados no cemitério clandestino em Caieiras (SP), é do serralheiro José Carlos Profeta dos Santos, procurado desde março deste ano por suspeita de estuprar a enteada de 13 anos, em Araçariguama.

Segundo a Polícia Civil de Araçariguama, o cemitério foi descoberto em 11 de abril durante investigações sobre tráfico de drogas no município de Caieiras, na grande São Paulo. Na época, com o auxílio do Corpo de Bombeiros, foram feitas escavações em dois lugares e encontrados dois corpos em estado avançado de decomposição e um terceiro foi identificado no dia seguinte.

O caso foi registrado como homicídio simples pelo Setor de Investigações Gerais (SIG) do município e as ossadas foram encaminhadas ao Instituto Médico Legal (IML) de Franco da Rocha (SP), para a coleta de material genético que auxiliasse na intensificação dos mortos. Segundo as análises um dos corpos é de José Carlos.

PUBLICIDADEJORNAL DA ECONOMIA JE

No dia 25 de março deste ano, o serralheiro teria estuprado a enteada de apenas 13 anos enquanto a mãe estava no trabalho. O caso ganhou grande repercussão devido as mensagens de texto enviadas pela adolescente, que se trancou no banheiro após o abuso e tentou contatar a mãe.

"Mãe, vem logo, mãe. Ele me 'coisou', mãe. Por favor, mãe. Eu estou dentro do banheiro", diziam as mensagens.

Ao receber o pedido de socorro, a mãe, que trabalha como empregada doméstica, foi para casa e encontrou a filha ainda trancada no cômodo. José Carlos fugiu do local e não foi localizado, até a identificação do seu corpo, em Caieiras.

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.