Cão é cruelmente morto com tiro em Mairinque

Caso ocorreu na terça-feira (22)

Fotos: Divulgação
Foto sobre "Cão é cruelmente morto com tiro em Mairinque"

O Jornal da Economia, foi procurado pela dona de um cãozinho que foi cruelmente morto com um tiro na manhã de terça-feira (22), no Bairro Cristal, em Mairinque. Erika Barbosa era proprietária de Spike e visita a chácara que tem na cidade durante os fins de semana, época em que buscava o cão na casa de seu primo, que reside no bairro e é quem cuidava do animal quando ela estava fora.

Crescido desde pequeno no bairro, Spike era conhecido na região por ser muito dócil e de bom convívio, muitas vezes indo sozinho para a casa da dona, quando achava que ela havia voltado, fazendo um caminho curto entre sua casa onde vivia até a chácara de Erika. Ele era um cachorro super dócil, sempre conviveu com crianças residia no bairro desde pequeno. Todos o conheciam”, comentou a dona, que reside na cidade de Maúa (SP).

Antes de deixar a cidade na terça-feira (22) para voltar a sua residência fixa, a dona do pet foi a casa do primo, onde deixou o animalzinho e, após se despedir de todos, voltou para casa.

Segundo seu primo Valter, Spike ficou preso um período para que não fosse atrás do carro da dona enquanto ela ia embora e, após um tempo, foi solto. Por volta das 11h o homem ouviu um tiro e ficou preocupado que algo pudesse ter ocorrido, saindo para procurar Spike e seu outro cão (Toddy), já que nenhum dos dois estava a vista. Durante as buscas, ele descobriu manchas de sangue na rua e, ao seguir o rastro, encontrou Spike morto com o que parecia ser um tiro de espingarda do outro lado de uma cerca que dá para uma propriedade particular.

Chocado, Valter tirou o corpo do animal da propriedade e levou a sua casa, onde ligou para a dona e informou o ocorrido.

O fato entristeceu e revoltou a todos, não só pela crueldade que foi feita com Spike, mas porque esta não é a primeira vez que um cão e alvejado no bairro. Segundo Erika, Toddy também foi ferido meses atrás, porém o cão sobreviveu pois o tiro o atingiu de raspão.  

Entristecidos pela perda do bichinho, ela agora quer que o responsável seja punido pelas autoridades. “Nada justifica o tiro que ele levou, porque ele era muito conhecido desde novinho e convivia com todos os moradores. Todos só choram a perda repentina”, comentou Erika.

O Boletim de Ocorrência foi registrado on-line ainda na terça-feira (22) e a proprietária pretende ir à delegacia para levar as fotos do animalzinho e dar mais detalhes as autoridades.

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.

  • Rose Meire Viana

    Que esse monstro seja descoberto e pague por este crime! E por todos que ele já deve ter cometido cadeia é pouco pra ele! Covarde!! Que as autoridades fiquem em cima pra que nao seja esquecido essa crueldade! Justiça!

  • Diih Pereira

    Delegado Bruno lima

  • Leda Maria Rodrigues

    Esse homem é pior que um animal, porque matar o cachorro,tem que te punição e mofar na Cadeia,sem pensar que quem mata animais e maltrata além de ser condenado aqui na Terra, é amaldiçoado por Deus e sua punição é no Inferno!

  • SERGIO DE ALMEIDA

    Trata-se de um verdadeiro "ABSURDO"! Ainda bem que nosso Presidente Bolsonaro assinou na data de hoje, 29/09/2020, uma nova lei, que impõe penas "mais pesadas" para quem pratica maus tratos à animais. E, sendo ssim: "CADEIA PARA O RESPONSÁVEL POR ESSE CRIME"!!!