Pandemia favorece avanços tecnológicos

Alta na bolsa de valores em ações de empresas do ramo tecnológico e comunicacionais

Fotos: Divulgação
Foto sobre "Pandemia favorece avanços tecnológicos"

O resultado da última pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), realizada com 519 pessoas, a maioria responsável pela administração de empresas de diversos setores, apontou que 34% desses entrevistados acreditam que a pandemia trará consequências positivas para o setor tecnológico. Para eles, o momento atual vai acelerar a implementação de medidas que trarão ganhos de eficiência organizacional, melhorando a infraestrutura tecnológica e a conquista de novas formas de trabalho, como o remoto, por exemplo.

Outro fator que confirma esta expectativa é a alta na bolsa de valores em ações de empresas do ramo tecnológico e comunicacionais. Essa valorização é consequência da pandemia e o fato de que grande parte dos serviços começaram a ser ofertados de forma virtual ou com auxílio de aparatos tecnológicos.

Um dos ramos que se beneficiaram com este avanço tecnológico, foi a área de segurança. De acordo com a consultoria alemã de pesquisa independente, Statista, o mercado mundial de tecnologia e serviços de segurança chegará a um faturamento de US$ 250 bilhões em 2020. A maior empresa do mundo de segurança eletrônica inteligente de capital privado, a Dahua Technology, registrou um faturamento de R$ 27,3 milhões apenas no Brasil. O produto mais procurado são as câmeras térmicas, a qual possui a função de contagem de pessoas para ambientes fechados e totens de medição de temperatura.

À primeira vista, esta realidade está muito distante de todos nós, porém de acordo com Luciana Reis, sócia da Paktualseg, empresa de segurança patrimonial, localizada em Sorocaba/SP, alguns condomínios empresariais começaram a consultar sistemas com câmeras que monitoram temperatura, situações de aglomeração e sistemas de acesso sem necessidade do toque dos dedos. “Isso leva muita proteção a espaços que estão voltando as suas atividades e principalmente para aqueles que estão saindo do home office. Sem dúvida o mercado de segurança avançou muito e estamos buscando trazer essas novidades para a nossa região”, comenta.

A empresa de segurança já realizou a implementação de alguns serviços tecnológicos e digitais que facilitam a rotina de clientes e também da equipe de segurança. Uma delas foi a de um aplicativo de celular para o atendimento em condomínios, o qual utiliza interfones inteligentes com ligações diretas ao morador que encomendou a entrega, sem a necessidade de o porteiro ter contato direto com o entregador. “No critério saúde beneficia muito nesse momento de pandemia. Além disso, também foi possível disponibilizar aos condomínios que dispensam o uso de portarias remotas e presenciais, um sistema no qual o próprio morador faz toda a gestão de entrada e saída de visitantes e prestadores de serviços, tudo via app. Sendo possível também, o morador abrir e fechar portões, visualizar câmeras e enviar chaves virtuais a seus visitantes. E nós, da Central, fazemos o acompanhamento de tudo via monitoramento, mas sem realizar qualquer interferência nos acessos, apenas oferecemos o respaldo das entradas e saídas assistidas”, explica Luciana.

Uma outra inovação do mercado é o portão mais rápido do mundo, o qual abre e fecha em meio segundo. Feito com materiais que proporcionam maior resistência a cortes e força mecânica, sendo extremamente resistente devido a sua tela hibrida feita de fibra de vidro e cordoalhas de aço, entrelaçados nos sentidos horizontais e verticais. “Essa barreira ultrarrápida auxilia muito na segurança dos condomínios de qualquer tipo e tamanho, evitando que um estranho entre no tempo de fechamento de um portão. Ele é fabricado de maneira que pode ser conectado com o sistema da portaria remota, presencial ou mesmo ao aplicativo, disponibilizando o controle das tags, cartões, senhas e etc. É um produto totalmente inovador com patente no Brasil e em mais de 20 países”, finaliza Luciana.

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.