São-roquenses participam de protesto nacional contra a corrupção

Foto: Rafael Barbosa
Foto sobre "São-roquenses participam de protesto nacional contra a corrupção"

Da Redação - Foto: Rafael Barbosa

A manifestação nacional contra a corrupção ocorreu também em São Roque, na manhã do dia 15 de março. O evento foi organizado pelas redes sociais e ocorreu por todo o país, tanto nas principais capitais, como nas cidades interioranas. Em São Roque, o encontro estava marcado para as 9h30, na Praça da Matriz, que foi tomada por um grande número de pessoas.

Pais levaram seus filhos e muitos cidadãos compareceram ao evento com caras pintadas e placas de protesto contra a corrupção no Brasil, o desvio de verba da Petrobras e até mesmo contra o governo da Presidente da República Dilma Rousseff. “Chega de mentira e de corrupção. Este governo é um dos mais corruptos que nós já tivemos em nosso país. Basta”, afirmou a manifestante Mariza Vieira Peixoto Cruz.

Mesmo que fosse possível encontrar representantes de partidos políticos, como PSOL e PMDB, os manifestantes afirmaram que o movimento era apartidário. “Não estou aqui como presidente de partido e sim como cidadão. Esta é uma manifestação do povo de São Roque, que está insatisfeito com a corrupção no Governo Federal”, afirmou o Presidente do PSOL em São Roque, Remo Tagliassachi Neto.

PUBLICIDADEJORNAL DA ECONOMIA JE

Após se reunirem, os manifestantes deixaram a Praça da Matriz para realizar uma pequena caminhada pelo município. Com palavras de ordem, protesto e cantando o hino nacional, os presentes deixavam a praça e tomaram a Avenida Tiradentes, para logo em seguida caminhar pela Rua Rui Barbosa e voltar a Praça da Matriz, de onde seguirão até a Praça da República, onde um manifesto foi lido e repetido pela população. “Amanhã será maior”, gritavam as pessoas sobre possíveis novos levantes populares, caso a situação do país não melhore.

Após o ocorrido, os manifestantes seguiram novamente para a praça central do município, dando fim aos protestos, que ocorreram de forma pacifica e, sendo acompanhados de perto pela Policia Militar, que não registrou nenhuma ocorrência. “Estamos em uma democracia e temos todo o direito de nos manifestarmos. Temos a obrigação de irmos para a rua e dizermos o que queremos para o nosso país”, disse o manifestante Orley Roberto de Oliveira.

Acompanhe também nossa galeria de imagens sobre a manifestação

Veja também nossa reportagem em vídeo sobre o ocorrido. 

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.