Corpo de comerciante morto a tiros é enterrado em Ibiúna

Crime aconteceu no último domingo (03), em uma região rural da cidade

Fonte/Imagens: São Roque Notícias
Foto sobre "Corpo de comerciante morto a tiros é enterrado em Ibiúna"

O corpo do comerciante de 55 anos, Ordani Cardoso, que foi assassinado na noite do último domingo (03) no bairro Vargem do Salto, em Ibiúna, foi velado e sepultado no cemitério municipal da cidade na tarde desta segunda-feira (04). Na ocasião, participaram da cerimônia familiares e amigos do homem, que era muito conhecido no município e trabalhava como vendedor autônomo de cartelados e utensílios em mercados.

Ordani foi morto em uma região rural por um rapaz que desceu da garupa de uma moto e fez disparos contra o comerciante, que dirigia um carro e estava acompanhado do filho de 18 anos. O jovem seguia no banco do passageiro e conseguiu fugir para uma mata, mas retornou ao local após os indivíduos saírem com a moto e encontrou o pai já sem vida.

De acordo com as autoridades que investigam o caso, Cardoso era morador do bairro Figueira e, na tarde do ocorrido, foi à casa de sua mãe no bairro Vargem do Salto.

Investigação

Os familiares cobram esclarecimentos sobre o motivo do assassinato de Ordani Cardoso, pois relatam que ele era uma pessoa alegre, de muitos amigos e que não possuía dívidas, além de não ter qualquer envolvimento com drogas ou desavenças. “Pai... Você foi, é e sempre será o amor da minha vida. Eu te amo eternamente! Você será honrado aqui por nós! Eu buscarei justiça, nem que seja a última coisa que eu faça nesta vida”, escreveu a filha do comerciante em uma publicação.

A polícia, que segue com os trabalhos de investigação e ainda não tem suspeitas sobre os responsáveis pelo assassinato, agora procura entender a motivação do crime, principalmente pelo fato de os homens não terem roubado objetos em uma ação que não parece se tratar de uma tentativa de assalto.

A princípio, os policiais não descartam nenhuma possibilidade. O inquérito do caso continua aberto e as autoridades realizam diligências na tentativa de desvendarem o homicídio.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.