Dom e Bruno: suspeitos confessam ter esquartejado e incinerado corpos

Osoney da Costa e Amarildo dos Santos teriam assassinado o jornalista britânico e o indigenista

Foto: Reprodução / Internet
Foto sobre "Dom e Bruno: suspeitos confessam ter esquartejado e incinerado corpos"

Um dos suspeitos na morte do indigenista Bruno Araújo e do jornalista inglês Dom Phillips confessou ter matado os dois homens desaparecidos. Policiais levaram Oseney da Costa de Oliveira, de 41 anos, conhecido como "Dos Santos", ao local das buscas.

O homem é o segundo preso suspeito de participação no assassinato e assumiu que as vítimas foram mortas, esquartejadas e os corpos foram incinerados. Em seguida, foram jogados em uma vala. A informação foi divulgada pela TV Bandeirantes e confirmada pela TV Globo.

Segundo a CNN Brasil, fontes da Polícia Federal revelaram que Amarildo confessou que a morte de Bruno e Dom Phillips tem relação com as denúncias feitas pelos dois sobre a prática de pesca ilegal na região.

PUBLICIDADEANÚNCIO ALTERNATIVAS'S - 16/06/2022

De acordo com a Bandeirantes, ainda precisará ser realizada uma análise do material para confirmar a confissão de Oseney e Amarildo da Costa de Oliveira.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.