Ex-prefeito Claudio Góes publica nota oficial para esclarecer sobre convênios com CDHU

Convênios foram assinados por Góes em junho do ano passado

Foto: Divulgação
Foto sobre "Ex-prefeito Claudio Góes publica nota oficial para esclarecer sobre convênios com CDHU"

O ex-prefeito Claudio Góes publicou e também enviou ao Jornal da Economia uma nota onde esclarece questões sobre dois convênios assinados por ele com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), em 29 de junho do ano passado. Na ocasião, Góes celebrou a pactuação juntamente com o secretário de Estado da Habitação, Flávio Amary, e o diretor técnico da CDHU, Agnaldo Quintana. Acompanhe a seguir o pronunciamento na íntegra.

Nota Oficial do Ex-Prefeito Cláudio Góes

Tive conhecimento através das redes sociais sobre as questões ligadas aos convênios com o CDHU e gostaria de manifestar minha alegria ao saber que a Secretaria da Habitação, na pessoa do Secretário Flávio Amary está dando continuidade a mais um dos trabalhos sérios da nossa gestão; a Habitação!

Aproveito para explicar um pouco melhor sobre esses convênios pois percebo que as   informações estão um tanto confusas gerando comentários até equivocados.

Trata-se de 2 convênios totalizando as 280 unidades;

Um de 180 casas de 2016, que apesar de ter sido assinado (pref Daniel) com o CDHU, a área indicada (em Mailasqui) tinha problemas de documentação que quase inviabilizaram o dito convênio. Com minha gestão junto ao Secretário e também com o comprometimento do nosso setor de convênios, núcleo de regularização e topografia, viabilizamos o prosseguimento desse convênio. Esse processo se encontra em etapa final de conclusão e pelo que podemos ver em pleno andamento!

O outro convênio, de 100 casas, foi assinado por mim em 2020, e ainda no final do ano passado, aguardávamos contatos do CDHU para decidir se seria em um local com 100 casas ou dois locais de 50 cada, proposta lançada por mim.

Enfim, a habitação foi um tema prioritário em meu governo. Prova real disso foi a atitude imediata, no início da gestão em 2017, em resolver aquele programa do PAC das 152 casas do Paisagem Colonial, habitações com obras inacabadas, com dívidas acumuladas junto a construtora e várias unidades invadidas.

Grande parte das famílias que invadiram as casas, vieram da cidade de Itapevi e não faziam parte da relação de contempladas.

De forma eficaz resolvemos nos primeiros meses de governo, tanto a desocupação das casas quanto a retomada das obras e a tão sonhada entrega das unidades a quem de direito!

Lembro ainda das 20 casas no centro da cidade, que estão em fase final de construção e que serão entregues já neste primeiro semestre. Essas unidades pertencem ao programa VIDA LONGA do governo do Estado, direcionadas aos idosos com renda limitada.

Portanto sigo com a torcida e apoio incondicional ao atual prefeito para que essas ações, feitas lá atrás, tenham sua real conclusão e finalidade cumprida”.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.