Juiz Eleitoral de São Roque dá dicas ao eleitor para as Eleições 2014

Foto: Lucas Caparelli
Foto sobre "Juiz Eleitoral de São Roque dá dicas ao eleitor para as Eleições 2014"
Creditos da imagem: Pessoas chegam para votar pela manhã no Colégio Objetivo

Da Redação: Rafael Barbosa - Foto: Lucas Caparelli

Este domingo, dia 05 de outubro, é o dia das eleições.E para ajudar o eleitor que ainda tem dúvidas, o Jornal da Economia dá procedimento à conversa com o Juiz Eleitoral da 131º Zona Eleitoral de São Roque, Flávio Roberto de Carvalho. Agora, o Magistrado dá dicas ao cidadão sobre o que fazer antes e depois de votar no seu candidato.

A primeira coisa que o Dr. Flávio adverte é sobre a importância do eleitor escolher bem a pessoa em que irá votar. "Estas sãos as pessoas que irão governar nosso país por quatro anos. Se nós reclamarmos, lá na frente, sobre situação da saúde, educação, segurança e etc, nós é que seremos os grandes culpados. Vamos escolher bem em que nós vamos votar. Procure conhecer a vida do seu candidato, entre na internet e procure saber se ele tem processos, condenações, além os projetos de governo de cada um, pois todas estas informações estão disponíveis. Vamos nos informar, para que nós não tenhamos que reclamar daqui a quatro anos", afirma o magistrado.

O juiz também aconselha que, na hora de votar, o eleitor leve a já conhecida "cola".“Leve a sua colinha, porque ao escrever no seu papelzinho o nome e número dos seus candidatos, você vai votar mais rápido”, completa. O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo disponibiliza um modelo de cola, que pode ser acessado aqui.

Para o eleitores que prefiram votar de manhã, vale lembrar que as filas de votação nestes horários costumam ser maiores, pois muitas pessoas preferem votar neste período para ter o restante do dia sem preocupações. Neste caso, é aconselhável um pouco mais de paciência, principalmente com os mesários, que podem ser novatos na função.

Uma vez terminado a votação, procure não ficar muito tempo na sua seção e tome cuidado com a "boca de urna". Evite propagandear seu candidato de maneira verbal ou usando camisetas, bonés ou botons, pois isto pode ser caracterizado como boca de urna, o que é crime. “Você pode apoiar seu candidato, mas o local de votação não é lugar para isso”, lembra o Juiz Flávio.

O cidadão que ver qualquer irregularidade pode e deve informar as autoridades competentes. "O cidadão pode fazer uma denúncia ligando para o Cartório Eleitoral da Cidade (4712-2690 / 4784-6252) ou através do site do Tribunal Regional Eleitoral", afirma o Magistrado. Os policiais que estarão presentes nas seções eleitorais também podem ser informados sobre irregularidades. 

Movimento tranquilo na Escola Estadual Horácio Manley Lane neste dia de votação (Foto: Carlos Mello)

 

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.