APAE e Centro Educacional Plenitude recebem certificados em Mairinque

O evento ocorreu nesta sexta-feira (06)

Foto sobre "APAE e Centro Educacional Plenitude recebem certificados em Mairinque"

O Centro Educacional Plenitude e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE Mairinque foram certificadas nesta sexta-feira (06) no gabinete do Prefeito pela participação na Campanha “O que os olhos não LEEM, o coração SENTE”, realizada pelo Programa “Escolas do Bem”, desenvolvido pelo Instituo Noa.

A ação contou com a presença da Vice-Prefeita, Jaqueline Teixeira, do Secretário de Governo, Rogério Manão, e da Secretária de Educação, Prof.ª Rita Sarti Benatti, além de Fábio Riskallah, Presidente da APAE Mairinque, Milton Souza, Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança - CMDCA, e Roseli Di Girolamo e Silvana Matteucci, Sócias-Proprietárias do Plenitude.

Na terça-feira (03) foi comemorado o “Dia de Doar” em prol de um país mais generoso e solidário. Pensando nisso, o Instituto Noa promoveu um desafio às escolas participantes do projeto, no qual, basicamente, deveriam gravar um vídeo fazendo a leitura de um poema infantil e postando em seu perfil nas redes sociais, a fim de criar um acervo online para pessoas com deficiência visual.                                   

Essa preocupação se justifica, pois, conforme estatísticas da Fundação Dorina Nowill, instituição que é referência em inclusão de pessoas com deficiência visual, esse grupo corresponde a, aproximadamente, 3,5% da população brasileira. Tomando como base o Censo de 2010, esse número representa quase 6,5 milhões de pessoas com algum grau de comprometimento da visão.

Fundadora do Instituto Noa, a jornalista Lucy de Miguel comenta que as ações do programa estão alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento da ONU. “As atividades desenvolvidas pelas Escolas do Bem têm como missão inspirar a todos. Professores, alunos e familiares dão o exemplo, mas a ideia é que as práticas extrapolem os muros das escolas. Devo agradecer pelo envolvimento das instituições de Mairinque, pois nada é tão efetivo quanto um trabalho em conjunto”.

A Vice-Prefeita parabeniza as unidades de ensino do município e ressalta a importância da integração entre instituições públicas e privadas. “Fico muito feliz com esse reconhecimento das instituições do município. Isso é fundamental para estimular outras ações semelhantes, que pensem a inclusão e o bem-estar dos nossos alunos”.

Sobre o Programa “Escolas do Bem”

Considerado o primeiro programa de responsabilidade social nas escolas, o “Escolas do Bem” foi iniciado em 2016 nas cidades de Sorocaba e região, a fim de estimular as escolas particulares a apadrinhar uma instituição pública em seu bairro para que ambas desenvolvam ações que contribuam para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento da ONU relacionados à Primeira Infância (0 a 6 anos).

O programa ganhou fôlego para expansão a partir deste ano, conquistando também escolas das cidades de São Paulo e de Minas Gerais. Mais informações no site www.escolasdobem.com.br.

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.