Jornalista Ricardo Boechat é velado no Museu da Imagem e do Som

O corpo do jornalista será cremado em uma cerimônia privada restrita à família

Foto sobre "Jornalista Ricardo Boechat é velado no  Museu da Imagem e do Som"

O velório do jornalista Ricardo Boechat esta sendo velado neste momento no Museu da Imagem e do Som (MIS), no bairro Jardim Europa, em São Paulo. O velório teve início na noite de segunda-feira (11) em uma cerimonia restrita a familiares e depois foi aberta a o público, seguindo até esta terça e com previsão de ser encerrado as 14h. 

O corpo do jornalista será cremado em uma cerimônia privada, às 16h, no Cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.

Boechat morreu na queda de um helicóptero na Rodovia Anhanguera, quando retornava de uma palestra em Campinas. O helicóptero caiu em cima de um caminhão no km 22 da rodovia, sentido interior, e acabou explodindo. O piloto da aeronave, identificado como Ronaldo Quatrucci, também morreu.

Boechat tinha 66 anos, era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e tinha uma coluna semanal na revista ISTOÉ. O jornalista deixa mulher, cinco filhas e um filho.

“Meu marido era o ateu que mais praticava o mandamento mais importante de todos, que era o amor ao próximo, porque sempre se preocupou com todo mundo, sempre teve coragem. E é muito difícil fazer o que ele sempre tentou fazer. Então, com erros e acertos, como qualquer pessoa, mas tenho muito orgulho dele”, disse a esposa do jornalista, Veruska.

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.