JE entrevista candidato a Prefeito Cláudio Góes

Política

Foto

O Jornal da Economia começou nesta terça-feira (13) sua série de entrevistas ao vivo em diversas plataformas digitais com os candidatos a prefeito de São Roque. O primeiro convidado foi o atual governante municipal, Claudio Góes, do PSDB que busca a reeleição e apresentou um balanço sobre a atual gestão e os planos para um novo mandato, caso seja reeleito. A ordem de entrevistas está sendo realizada através de sorteio ao vivo pela internet.
Veja agora alguns tópicos da entrevista realizada pelo jornalista Carlos Mello e você também pode assistir na TV JE em nosso Portal de Notícias www.jeonline.com.br , Facebook e em nosso canal do Youtube. Confira abaixo os principais pontos abordados neste bate papo e o vídeo completo da entrevista. 

Saúde em São Roque

Seguindo para a Saúde, Claudio Góes disse que enfrentou grandes desafios principalmente na Santa Casa, que vinha com crescente número de greves e polêmicas na administração passada. A atual gestão também realizou uma intervenção na irmandade e de acordo com Góes, hoje a situação do hospital de São Roque melhorou, com uma ala nova para atender a população de forma mais eficiente e confortável, além do fim de greves graças ao pagamento em dia dos funcionários e investimento direto da prefeitura na saúde.

O atual governante também citou o transporte de pacientes feito pela saúde e que agora é feito com veículos próprios, a instalação da Vigilância em Saúde num novo prédio, dando mais estrutura para os setores de Vigilâncias Sanitária, Epidemiológica e administrativo do Controle de Zoonoses, além da reforma da farmácia central municipal.

Sobre os projetos futuros para o setor, Góes afirmou que já se encontram em fase final a licitação para escolhas das empresas que darão sequencia as obras das Unidades Básicas de Saúde - UBS nos bairros Jardim Villaça e Guaçu,  que se encontravam abandonadas desde a gestão passada. Com as obras retomadas e posteriormente concluídas, o Prédio do Jardim Villaça será destinado a Saúde da Mulher e o do Guaçu será destinado a Saúde Mental.  “A intenção é organizar a saúde de forma que ela acompanhe o crescimento da cidade”, afirma.

Transporte público

Segundo o Prefeito Claudio Góes  a Mirage vem atuando no município sob getão municipal para atender a população, porém uma licitação  para o transporte municipal está sendo iniciada com a contratação de uma companhia que fará o estudo de logística e mobilidade de São Roque. Góes afirma que a ação é necessária para que se saiba qual necessidade real do município com seu transporte público, para que o transporte público seja realizado de forma eficaz na cidade.

Moradias populares

Ao ser questionado sobre planos de moradia, Cláudio Góes citou a regularização da situação do conjunto habitacional do Paisagem Colonial, o recebimento do projeto da construção de 100 casas por parte da Secretaria Estadual da Habitação e de 20 moradias que estão em obra para o Projeto Vida Longas, para membros da terceira idade em construção na Rua São Paulo.

Porém o atual prefeito argumenta que, para que se invista em moradia, é necessário que ocorra a revisão do plano diretor municipal, projeto que continua a ser realizado e, com sua conclusão irá possibilitar o investimento em projetos de moradia popular.

Busca por Empregos e Turismo

Segundo o atual Prefeito de São Roque o turismo é uma grande oportunidade de geração de empregos, já que dá oportunidade para o surgimento de novos empreendimentos e oportunidades de trabalho, fomentando outros setores, como esporte, hotelaria e gastronomia.

Segundo o prefeito uma das ações para gerar novas empresas é investir no turismo em outras regiões como o centro e Saboó além de desenvolver ações que atraiam turistas, como a utilização da pedreira para práticas esportivas e de lazer,  a utilização da Maria Fumaça, plano que existe desde o início da gestão e que ainda não saiu do papel. Góes afirma que o empecilho ocorre devido a um entrave entre CPTM e a empresa RUMO, detentora dos direitos de utilização do percurso viário da região e que deveria ter entregue o percurso em perfeito estado, o que ainda não ocorreu. “Estamos negociando para que entreguem ( o percurso) de forma parcial, num primeiro momento entre São Roque e Mairinque. Serão seis quilômetros para que neste momento as coisas comecem a ocorrer e as Maria Fumaças andem pelos trilhos”, afirmou.

Estradas do município

A situação de muitas estradas de São Roque e que passam pelo município tem se tornado uma preocupação séria na região pelo grande número de acidentes e mortes que ocorrem todos os anos. No caso da Lívio Tagliassachi Claudio Góes afirma que tem cobrado do Governo do Estado  para que a ViaOeste assuma o trecho, para que possa promover melhorias na rodovia, diminuindo o número de acidentes.

Junto a isso, a Góes afirma que tem atuado junto ao governo do Estado e ARTESP para que a duplicação da Raposo Tavares não ocorra até que a situação da Lívio Tagliassachi seja revista e que o trabalho de duplicação da Raposo somente ocorra caso o projeto seja atualizado para as necessidades atuais do tráfego pela região.

“Não vamos permitir o início das obras aqui sem antes definirmos um novo modelo de transito e logística para o trecho de São Roque e que contempla a Raposo Tavares e a Castello Branco através da Rodovia Lívio Tagliassachi”, afirmou.

Educação e Segurança

Ao ser questionado sobre Educação, o prefeito afirma que São Roque tem recebido verbas cada vez menores para o investimento na educação Municipal, tendo que utilizar recursos próprios para realizar os investimentos neste setor, com a ampliação de instituição e construções de duas creches, que renderam bons resultados.

“Quando entramos nos deparamos com uma fila de 700 crianças para entrar nas creches, e finalizamos este ano com uma espera de 50 crianças, com perspectivas para zerar este número nos próximos anos”, comentou.

Caso reeleito, os projetos incluem a construção de um polo educacional em Mailasky, que irá desde a construção de  creche ao nono ano. Também haverá a ligação de todos os prédios públicos, incluindo os da Educação, através do sistema de fibra ótica, que trará acesso à internet de qualidade, o que permitirá melhorias na própria gestão municipal.

O novo sistema de fibra ótica também contribuirá para a expansão do sistema de monitoramento por câmeras, implementado neste governo e que está em planos de ampliação. Caso reeleito, também está nos planos da atual administração levar a Guarda Municipal a um prédio Próprio e estruturado para o trabalho administrativo e de monitoramento.

O prefeito falou também dos investimentos em Segurança Pública  através da Guarda Municipal, que conta com 20 novos agentes, um canil próprio e a renovação de sua frota de veículos e equipamentos.

“Nosso governo buscou num primeiro momento colocar a casa em ordem. Nosso compromisso é com a responsabilidade pois é através dela e do trabalho sério que resultam os serviços prestados a população”, finalizou o governante e candidato a reeleição Claudio Góes.

 

Comentários: