Projeto que afeta benefício dos servidores é aprovado na Câmara de Mairinque

Legislativo

Foto

O polêmico Projeto de Lei 01/2020 foi aprovado pela Câmara Municipal de Mairinque na manhã desta sexta-feira (21) em Sessão Estraordinária realizada pelo parlamento mairinquense, gerando uma tensa situação que pode resultar em uma greve dos servidores municipais. A proposta trata da unificação da Tabela de Salários de servidores efetivos, criação de cargos de Procuradores Jurídicos em regime de 40 horas semanais e readequação salarial do piso dos Agentes Comunitário de Saúde, Agentes Controladores de Vetores, e Professores.

O projeto causou polêmica pois, segundo servidores e vereadores contrários a proposta, a iniciativa prejudica os trabalhadores, diminundo seus beneficios. 

A polêmica proposta foi aprovada com nove votos favoraveis dos parlamentares Francisco Rodrigues Cardozo, Kioshi Hirakawa, Cleomar Aparecido Valim, André Gomes Carneiro, Bruno Fernando Santana Gonçalves, Fabio Melo dos Santos, Abner Segura Fernandes, Paulo Antonio Garcia, José de Souza Gomes. Apenas os vereadores Rafael da Hípica, Giovani Huggler e Túlio Martins votaram contra o projeto. A sessão foi transmitida ao vivo pelo Jornal da Economia.  

Confira a votação abaixo. 

Comentários: