Greve dos enfermeiros termina na Santa Casa de São Roque

Fotos: Rafael Barbosa
Foto sobre "Greve dos enfermeiros termina na Santa Casa de São Roque"

Reportagem: Rafael Barbosa - Fotos: Rafael Barbosa

A nova greve promovida pelos funcionários da Santa Casa de São Roque acabou nesta sexta-feira (04). Funcionários da equipe de enfermagem da Santa Casa paralisaram seus serviços na ultima quarta-feira (02) devido ao não pagamento do vale, que deveria ter sido depositado no dia 20 de outubro. A situação também se agravou nos dias subseqüentes quando funcionários do departamento de limpeza e segurança também aderiram ao movimento também pela falta de pagamento.

Segundo a Santa Casa de São Roque o pagamento foi depositado na quinta-feira e creditado na conta dos funcionários nesta sexta (04). “O pagamento foi realizado e a paralização dos funcionários pertencentes ao corpo de enfermagem e ao setor administrativo do hospital”, confirmou Paulo Cesar Ramos, diretor do Sindicato dos Servidores de Saúde de Sorocaba e Região (o SinSaúde).

O sindicato também afirmou que, durante os parâmetros estabelecidos por lei foram mantidos durante o período de greve e mais de 30% da equipe de técnicos de enfermagem atuaram na Santa Casa durante a paralização. O hospital  continuou a atender casos corriqueiros e de emergência durante o período, entretanto com uma maior lentidão devido à redução de sua força de trabalho.

Segundo as últimas informações recebidas pela nossa redação o hospital tentava estabelecer um acordo com as empresas responsáveis pela limpeza e segurança da irmandade, para tentar retomar as atividades. De acordo com um dos funcionários, a empresa Compass acaba de romper o contrato com a Fenasc e os funcionários da empresa estão demitidos.

A situação da Santa Casa de São Roque tem gerado revolta por boa parte da população. “Estes profissionais (os enfermeiros) dão tudo por este hospital e ainda assim são mal pagos, quando recebem. É uma vergonha o que acontece na Santa Casa de São Roque, o que infelizmente é a realidade da saúde brasileira”, afirmou o engenheiro de alimentos  Amilcar Bozelli.

Amilcar procurou nossa redação para falar do caso de seu pai, de 84 anos, que recentemente passou por uma cirurgia de amputação e embora tenha sido bem atendido em um primeiro momento no PA, tem recebido pouca atenção dos médicos do hospital no setor de internamento da instituição, com apenas uma visita médica por dia.

A Santa Casa infelizmente tem passado por diversos problemas financeiros, entretanto a irmandade pode encontrar dificuldades em conseguir a verba necessária para se manter. A Câmara Municipal de São Roque votará na próxima segunda-feira (7 de novembro) projeto de lei que repassa à Prefeitura o valor de 200 mil reais que deverão ser encaminhados à Santa Casa de Santa de São Roque, entretanto alguns vereadores já se manifestaram receosos em continuar a apoiar a irmandade sem o conhecimento da real situação financeira do hospital. “Chega de ajudar no escuro e ninguém mostrar o que está acontecendo. Somos cobrados e não sabemos responder porque estamos cansados de mandar ofício e não obter resposta”, disse o vereador Etelvino Nogueira ao Portal Vander Luiz.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.