FID pede devolução do dinheiro para a recuperação do Horto de Mairinque

Foto sobre "FID pede devolução do dinheiro para a recuperação do Horto de Mairinque"

Em nota enviada a nossa redação, A prefeitura de Mairinque afirma que, após a última rejeição, por parte da bancada de oposição na Cãmara, a Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo, pediu, a devolução da primeira parcela do convênio firmado junto ao FID – Fundo de Interesses Difusos, para o projeto de recuperação do Horto Florestal. O valor depositado é de 1 milhão de reais e deverá retornar as contas do fundo com juros e correção monetária.

Logo após a notificação, a Prefeitura elaborou um documento, que já foi recebido na Secretaria da Justiça, pedindo mais 20 dias de prazo para que o recurso que pede a anulação da última votação do projeto seja deliberado pela Câmara na próxima sessão ordinária, dia 22 de agosto, segunda-feira. No ofício, o prefeito Binho Merguizo justifica o pedido, salientando a grande importância da recuperação do parque para a cidade de Mairinque.

 “Infelizmente, estamos perto de perder esse investimento e, pior, pagar juros e correção monetária por esse dinheiro que até mesmo o próprio governo não acredita que estamos devolvendo, uma vez que já o havia nos disponibilizado. Essa votação era para ser uma mera formalidade de regularização orçamentária, mas, acabou se tornando assunto de embate político para a oposição. É uma pena”. Lamenta Binho Merguizo. “Mesmo assim, vamos tentar essa prorrogação e pedir, mais uma vez, que a população faça valer sua cidadania e compareça a Câmara para pedir aos vereadores que revejam seu posicionamento”. Rejeitaram o projeto, os vereadores Helinho Moretto, Alexandre Peixinho, Rodrigás, Victorio Júnior, Rodriguinho da Imobiliária. O vereador Kioshi Hirakawa não compareceu a sessão a sessão extraordinária da última rejeição.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.