Novena no Morro do Cruzeiro 2016 termina neste sábado

Foto: Gabriele Pinho
Foto sobre "Novena no Morro do Cruzeiro 2016 termina neste sábado"

Da Redação: Rafael Barbosa - Foto: Gabriele Pinho

Termina neste sábado a edição 2016 da tradicional Novena no Morro do Cruzeiro, evento que faz parte do calendário religioso das Festas de Agosto. O evento teve início na tarde de sexta-feira (15), reunindo dezenas de pessoas que realizaram uma grande procissão até o alto do morro ao som de orações e cânticos religiosos, fortalecendo ainda mais o lado religioso da festividade mais importante da cidade.

Segundo o festeiro Carlos Antônio Vilhena cada pessoa participa e contribui com as Festas de uma maneira, se relacionando com as festividades de uma maneira muito particular e a subida ao Cruzeiro não é exceção. “Para algumas pessoas carregar o andor é o ponto alto das Festas, enquanto outras ficam contentes em ajudar nas barracas e dos jantares. Cada um contribui e participa desta festa tão querida de uma forma diferente”, afirmou a esposa de Carlos, a Festeira Ana Maria Cerioni Souto.

Durante a subida as orações e a procissão é interrompida com pequenas pausas, onde são realizados momentos de reflexões sobre temas variados, como a nossa vida espiritual, trazendo uma mensagem poderosa de paz e harmonia aos presentes.  A procissão é sempre um evento emocionante e atrai diversas pessoas que, em uma demonstração de fé, agradecem a Deus e ao nosso padroeiro São Roque pela graças alcançadas. “Venho ao menos uma vez por ano para a gradecer e realizar orações a São Roque, que está sempre comigo, atendendo aos meus pedidos e me protegendo”, afirmou a aposentada Marina Benetida Vaz.

Um evento que estimula a religiosidade de adultos e crianças, em uma ação que não traz distinção de idade e abraça a todos que queiram participar. Segundo os Vasco Trestini Neto e Maria de Lourdes Martos Martins este é um dos momentos preferidos das festividades, pois estimula a religiosidade e a união das pessoas, que encaram um exercício físico considerável em um momento de comunhão e contemplação. “No momento em que se chega ao alto do cruzeiro, depois desta caminhada e refletimos com está vista maravilhosa de toda a cidade, nós passamos a encarar a vida com outros olhos novos sentimentos. É uma sensação indescritível”, comenta Vasco. “É um dos momentos mais bonitos da festa e espero que perdure por muitos anos mais”, afirmou também Maria de Lourdes.  

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.