14/06/2024 às 10h20min - Atualizada em 14/06/2024 às 10h20min

Clínica Multidisciplinar Movimento ABA é inaugurada em São Roque

O JE esteve acompanhando o espaço e conversou com algumas profissionais que atuarão no local

Por Ana Laura Gonzalez
Fotos: Divulgação
Recentemente foi inaugurada em São Roque a Clínica Multidisciplinar Movimento ABA, especializada em autismo e transtornos do Neurodesenvolvimento & Infantojuvenil. O Jornal da Economia esteve acompanhando o espaço e conversou com algumas profissionais que atuarão no local.

Sócia da clínica, a psicóloga Marina Alves falou sobre os detalhes e o que representa o novo empreendimento, tanto para os pacientes quanto para a cidade.

“O Movimento ABA significa esse desenvolver, porque como sabemos, a criança que tem o TEA (Transtorno de Espectro Autista) tem essa dificuldade no desenvolvimento, então por isso escolhemos esse nome. Estamos chegando aqui trazendo várias especialidades para dentro da clínica para abranger todo esse público e acolher da melhor forma possível toda essa demanda do autismo principalmente, mas não só do autismo, também acolheremos o TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade), do TOD (Transtorno Opositor Desafiador) e tudo o que envolve a questão do desenvolvimento”, disse ela.

Em relação a como surgiu a ideia de investir nessa área justamente em São Roque, Marina comentou que começou a partir do pensamento nas dificuldades encontradas não somente no munícipio, mas em diversas outras regiões.

“É uma demanda muito grande, vai crescendo bastante e acaba tendo essa dificuldade dos pais de procurarem atendimento numa clínica especializada, então olhando para essa condição, foi que surgiu o conceito de trazer essa clínica para São Roque. A ideia é depois ampliar para as outras cidades mais próximas”, acrescentou a profissional.

Já Evelyn Vieira, fisioterapeuta de Sorocaba que também prestará atendimento na clínica, afirmou que o empreendimento chegou para inovar o atendimento do segmento, com a abrangência de crianças de 6 meses a 17 anos.

A atuação da neuropsicóloga e terapeuta Kananda Domingues será trabalhar tanto com a terapia quanto com as avaliações de neuropsicologia. “Isso vem muito da questão das avaliações, dos testes, então é pela neuropsicologia que a gente tem uma avaliação um pouco mais completa. O acompanhamento se inicia com as outras profissionais que vão entender as necessidades daquela criança, mas sou eu quem fecha o diagnóstico”, explicou Kananda.

Veja a nossa reportagem em vídeo completa através das redes sociais do JE ou conheça mais do novo espaço no perfil da clínica @mov.aba no Instagram.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jeonline.com.br/.