Cabo Jean pede ampliação de horário de ônibus para Jardim Villaça

Cobrança foi feita após mudança de sede do Departamento de Educação

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Foto sobre "Cabo Jean pede ampliação de horário de ônibus para Jardim Villaça"

Ao usar a tribuna durante Sessão Ordinária, realizada na última segunda-feira, dia 23, o vereador Cabo Jean cobrou do Poder Executivo sobre melhorias na oferta do transporte público municipal para quem necessita se deslocar até a nova sede do Departamento de Educação, que desde a última semana, está localizada no bairro Jardim Villaça, no mesmo prédio onde fica a Receita Federal, ou seja, na Rua São Judas Tadeu, próximo à Paróquia de São Luiz Gonzaga.

A linha do transporte público que passa naquela região é a do Jardim Mosteiro, todavia, somente em dois horários do dia, sendo um às 08h10 e o outro as 09h50, enquanto o atendimento ao público ocorre no mínimo até às 16h.

O parlamentar criticou o fato da alteração, uma vez que ele estava situado no Centro Cultural Brasital, região central e perto da Rodoviária. “Parece que o objetivo dessa Administração é torrar dinheiro e, mais que isso, dificultar ao invés de ajudar as pessoas, pois além de gastar R$ 2,2 milhões desnecessariamente na compra deste prédio, ainda transfere o Departamento para um local distante e inviável para o acesso da população, uma vez que as pessoas que dependem do transporte público, não possuem alternativa para o deslocamento até a nova sede, exceto nesses dois únicos horários do dia e ambos somente no período da manhã”, disse.

Através do Ofício nº 1340/2022, enviado ao Poder Executivo, Cabo Jean informa que a mudança da sede simplesmente prejudica grande parte da população e já está gerando transtornos para quem precisa se deslocar até o Departamento de Educação “O atual governo somente pensou no Departamento e esqueceu o principal que é a população. Já estamos pagando caro com a falta de planejamento dentro da Educação, principalmente em razão do desserviço prestado pelo Ex-Diretor, onde até hoje existe problemas com a falta de professores nas salas de aula de várias escolas do nosso município, problemas com o transporte escolar inadequado e ainda em falta para alguns, além da falta de cuidadores para várias crianças, enfim uma infinidade de problemas, e agora inviabiliza a busca de ajuda por parte dos pais junto ao Departamento de Educação. Não adianta ter dinheiro, se não tem planejamento, e reafirmo, ao invés de melhorar e facilitar para a população, neste caso ficou ainda pior, pois o que era fácil e simples por estar na região central, agora ficou ainda mais difícil", lamentou o vereador.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.