Oi Móvel: mais de 41 milhões de clientes serão migrados

Com a compra da operadora pela Claro, Vivo e TIM, Anatel definiu regras para a transição

Foto sobre "Oi Móvel: mais de 41 milhões de clientes serão migrados"

A recuperação judicial da operadora de telecomunicações Oi teve sua etapa mais complexa concluída com a finalização da venda da unidade móvel da empresa para a TIM, Vivo e Claro. O negócio envolveu o pagamento de R$15,97 bilhões para a obtenção da infraestrutura, espectro e clientes da organização.

 

Com a compra dos serviços de telefonia móvel da Oi pela Claro, Vivo e TIM, os mais de 40 milhões de clientes da Oi — que deixará de existir no mercado móvel — serão divididos entre as compradoras, em processo que deve durar cerca de 12 meses em fases, com cada momento sendo comunicado aos usuários. De acordo com os termos firmados pela Anatel para essa migração, os novos contratos com os usuários não podem exigir fidelização, com a mudança sendo notificada com antecedência a todos eles. Quem não quiser ficar com a operadora designada, está livre para pedir a portabilidade do número.

 

Claro, Vivo e TIM

 

A Claro vai receber 12,9 milhões de clientes da Oi. Em nota à imprensa divulgada, a companhia afirmou que o processo de migração poderá levar até 12 meses para ser concluído. Será feito em etapas, com comunicação ao cliente a “cada alteração necessária”. Na 1ª fase, “todos vão continuar com o mesmo número, mesma fatura, mesmo plano contratado, com o mesmo valor e benefícios. Por enquanto, continuam utilizando a mesma rede e os mesmos canais de atendimento e recarga”, disse a Claro.

 

A Vivo vai ficar com cerca de 12 milhões de clientes da Oi Móvel. A migração completa dos usuários deve ser concluída até o 1º trimestre de 2023. Segundo a Vivo, os planos serão semelhantes aos da Oi, sem fidelização ou multa. Os usuários serão comunicados de 30 a 60 dias antes da migração da linha.

 

A TIM começará a migrar os 16,4 milhões de clientes da Oi, a partir dos planos pré-pago e controle. A transição será feita em etapas e concluída em 12 meses. A comunicação será feita por SMS, e-mail e site da empresa. Outro comunicado será enviado de 1 a 5 dias antes da migração. Depois, o usuário será avisado se a migração foi concluída com sucesso.

 

A divisão se dará da seguinte forma:

 

SUDESTE

 

São Paulo (SP)

 

DDD 11: TIM;

DDD 12: Vivo;

DDD 13: Claro;

DDD 14: Claro;

DDD 15: Claro;

DDD 16: TIM;

DDD 17: Claro;

DDD 18: Claro;

DDD 19: TIM.

 

Rio de Janeiro (RJ)

 

DDD 21: TIM;

DDD 22: TIM;

DDD 24: TIM.

 

Espírito Santo (ES)

 

DDD 27: Claro;

DDD 28: Claro.

 

Minas Gerais (MG)

 

DDD 31: Claro;

DDD 32: TIM;

DDD 33: Claro;

DDD 34: Claro;

DDD 35: Claro;

DDD 37: Claro;

DDD 38: Claro.

 

SUL

 

Paraná (PR)

 

DDD 41: Vivo;

DDD 42: Vivo;

DDD 43: Claro;

DDD 44: Claro;

DDD 45: Claro;

DDD 46: Claro.

 

Santa Catarina (SC)

 

DDD 47: Claro;

DDD 48: Claro;

DDD 49: Claro.

 

Rio Grande do Sul – RS

 

DDD 51: TIM;

DDD 53: TIM;

DDD 54: TIM;

DDD 55: TIM.

 

CENTRO-OESTE

 

Distrito Federal (DF)

 

DDD 61: TIM.

 

Goiás (GO)

 

DDD 62: TIM;

DDD 64: TIM.

 

Mato Grosso (MT)

 

DDD 65: TIM;

DDD 66: TIM.

 

Mato Grosso do Sul (MS)

 

DDD 67: TIM.

 

NORDESTE

 

Bahia (BA)

 

DDD 71: Claro;

DDD 73: TIM;

DDD 74: Claro;

DDD 75: TIM;

DDD 77: Claro.

 

Sergipe (SE)

 

DDD 79: Claro.

 

Pernambuco (PE)

 

DDD 81: Vivo;

DDD 87: Claro.

 

Alagoas (AL)

 

DDD 82: Vivo.

 

Paraíba (PB)

 

DDD 83: Vivo.

 

Rio Grande do Norte (RN)

 

DDD 84: Vivo.

 

Ceará (CE)

 

DDD 85: Vivo;

DDD 88: Vivo.

 

Piauí (PI)

 

DDD 86: Vivo;

DDD 89: TIM.

 

Maranhão (MA)

 

DDD 98: Vivo;

DDD 99: TIM.

 

NORTE

 

Tocantins (TO)

 

DDD 63: TIM.

 

Acre (AC)

 

DDD 68: TIM.

 

Rondônia (RO)

 

DDD 69: TIM.

 

Pará (PA)

 

DDD 91: Claro;

DDD 93: TIM;

DDD 94: TIM.

 

Roraima (RR)

 

DDD 95: TIM.

 

Amapá (AP)

 

DDD 96: TIM.

 

Amazonas (AM)

 

DDD 92: Claro;

DDD 97: TIM.

 

 

Atendimento do cliente

 

Nessa primeira fase da transição pós conclusão da compra, a Oi manterá todos os serviços de atendimento aos clientes, com o objetivo que a migração seja feita com o mínimo possível de impacto para o consumidor. Uma lista geral de contatos da operadora pode ser vista nesta página do Listagem, uma lista de telefone on-line.

 

Como já havia sido anunciado anteriormente, a aquisição também significa o fim da marca Oi no mercado de telefonia móvel brasileiro. Por enquanto, a empresa segue em seu processo de reestruturação judicial e, também, trabalhando nos segmentos de infraestrutura e fibra, que devem ser vendidos posteriormente.

 

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.