Arquimedes Borges defende que é possível produzir mais e melhor no Noroeste de Minas, com sustentabilidade

Foto sobre "Arquimedes Borges defende que é possível produzir mais e melhor no Noroeste de Minas, com sustentabilidade"
Creditos da imagem: Arquimedes Borges, empresário e economista, avalia que, para o Noroeste de Minas crescer e se desenvolver ainda mais, precisa preservar seu maior patrimônio

Arquimedes Borges, empresário e economista, avalia que, para o Noroeste de Minas crescer e se desenvolver ainda mais, precisa preservar seu maior patrimônio: os recursos naturais, que fazem do lugar uma terra tão rica e produtiva. Para ele, que é nascido e criado na região, é possível produzir mais e melhor, de maneira sustentável. 

 

Segundo Arquimedes Borges, “o grande produtor pode continuar fazendo do Noroeste o maior produtor de grãos do Estado, e os pequenos e médios agricultores devem seguir garantindo a segurança alimentar do nosso povo. Esse ciclo de produção eficiente beneficia toda a população, com o comércio local estimulado pela força da nossa cadeia agrícola. Mas precisamos que isso seja feito de forma a não agredir o nosso meio ambiente, que deve ser preservado.”

 

    1. Borges : “o Noroeste tem cidades que sofrem com o problema da falta de abastecimento”

 

Arquimedes Borges lembra que, apesar de abastecido por importantes rios, o Noroeste ainda tem cidades que sofrem com o problema da falta de abastecimento. Por isso, ele afirma que é importante proteger os mananciais e evitar o uso irregular e o desperdício, de modo que todos possam ter acesso a esse bem fundamental. “O processo produtivo precisa ser executado com boa orientação técnica, de modo a não comprometer os nossos mananciais. Sem água não podemos produzir”, diz.

 

O empresário e economista lembra que a degradação do meio ambiente gera uma série de dificuldades imediatas, mas, principalmente, desafios para o futuro. “A maior frequência de queimadas que destroem campos e matas também afeta a disponibilidade de água, levando seca e provocando a morte de nascentes. O tempo irregular e instável dificulta a previsibilidade para nossas safras. Se não tivermos responsabilidade, podemos comprometer a vida das futuras gerações, mas os impactos podem ser sentidos muito antes, por todos nós”, diz Arquimedes Borges

 

    • Noroeste conta com localização privilegiada

 

Arquimedes Borges destaca que a preservação da natureza no Noroeste mineiro também pode contribuir com outra vocação da nossa região, o turismo. “Além de nossa gente, nossa comida, povo acolhedor e arquitetura de nossas cidades, somo agraciados com muita riqueza natural. O ecoturismo, que atrai cada vez mais adeptos, tem em nossos rios, cachoeiras, veredas e belas paisagens, um grande potencial para ser explorado, de maneira sustentável e planejada, e se tornar uma fonte cada vez mais importante de renda para nosso povo”, afirma. 

 

Ele lembra que o Noroeste conta com localização privilegiada, um ponto estratégico no caminho entre Belo Horizonte e Brasília, entre Goiás, Bahia e o Triângulo Mineiro. “A localização permite que turistas com estes destinos de maior porte nos visitem com facilidade. O turismo atrai investimentos no comércio, hotelaria e movimenta toda a cidade”, conclui Arquimedes Borges.

 

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.