No Dia Mundial do Vaso Sanitário, Roca Brasil ressalta a importância da tecnologia e desenvolvimento de soluções para o meio ambiente

Fundamentais no contexto do saneamento básico das populações em todo o mundo, a equipe de desenvolvimento da companhia trabalha para oferecer em suas marcas – Roca, Incepa e Celite – atributos que correspondam às necessidades no uso e as demandas do morar

Foto sobre "No Dia Mundial do Vaso Sanitário, Roca Brasil ressalta a importância da tecnologia e desenvolvimento de soluções para o meio ambiente"

No próximo 19 de novembro é celebrado World Day Toilet, data que traz à tona a importância da bacia sanitária. Instituída pela Organização Mundial das Nações Unidas (ONU) em 2003, o dia visa ampliar a consciência sobre as condições plenas de saneamento básico para a saúde de todos.

 

Pertencente ao Grupo espanhol Roca, no Brasil a companhia é detentora das marcas Roca, Incepa e Celite. Em todo o seu portfólio, a Roca Brasil trabalha para oferecer aos brasileiros a mais alta tecnologia em soluções que visam proporcionar as melhores condições de usabilidade, saúde e higiene no dia a dia dos usuários.

 

1)   Sustentabilidade

A Roca Brasil segue firme com seu compromisso de contribuir com o desenvolvimento de produtos que contribuam com o meio ambiente. Dessa forma, o portfólio completo das marcas conta com 83 opções de bacias sanitárias com caixa acoplada que geram até 60% de economia de água.  

 

Todavia, para a Roca Brasil, o ideal de atuação da empresa vai muito mais além de uma redução do uso de água em cada acionamento. Tendo em vista que o uso racional da água está ligado diretamente com a higiene e a saúde, a concepção de um produto abrange uma preocupação ainda maior. Internacionalmente, o Grupo Roca atua com a Fundação We Are Water, que desde 2010 acompanha de perto a importância sobre a gestão racional do recurso hídrico e as condições de países menos desfavorecidos pela chegada da água e tratamentos dos resíduos.

 

No Brasil, o cenário é desafiador: segundo dados do Instituto Trata Brasil, extraídos a partir de dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), 46% da população brasileira não têm acesso ao tratamento de esgoto. Ainda de acordo com o Trata Brasil, esse volume corresponde a mais de cinco mil piscinas olímpicas de esgotos sem tratamento, em um descompasso que, além de prejudicar as bacias hidrográficas, expõe os cidadãos às doenças resultantes da ausência do saneamento básico. Enquanto esse percentual não é ampliado, cuidados no dia a dia com o uso das bacias sanitárias são valiosos para atenuar a sobrecarga dos sistemas em operação e se configuraram como maneiras para ajudar os municípios em um funcionamento mais sustentável.

 

Jamais jogue lixo na bacia sanitária: o descarte inadequado de lixo na bacia é um dos principais motivos para o entupimento do produto. Em hipótese alguma, não jogue papéis, fraldas descartáveis, algodão, absorventes, toalhas, restos de cigarro, desodorizadores sanitários tradicionais com pastilhas ou qualquer outro tipo de item.

 

O ato errôneo provoca consequências também para o meio ambiente, como a contaminação das águas, bem como a obstrução dos encanamentos das residências e aos sistemas de esgotamento sanitário das cidades, ocasionando, por sua vez, a necessidade de grandes reparos. Esses resíduos sólidos, em contato com outros componentes descartados no esgoto, como as gorduras formam uma crosta que entopem e dificultam a limpeza pelas companhias das cidades.

 

2)   Tecnologias de ponta da Roca Brasil para um uso salutar das bacias sanitárias

Ciente do seu papel como empresa, o centro de desenvolvimento promove um trabalho de criação pautado na tecnologia como forma de proporcionar as melhores soluções para o uso racional da água e contribuir com o saneamento. O aperfeiçoamento do emprego da caixa acoplada – tipo de descarga que permite desempenhar um consumo efetivo e reduzido da água –, bem como outras tecnologias que conferem melhor performance, como os sistema exclusivo de descarga Rimless, Jato Plus e Sifão de 50 mm são atributos que revelam a atuação da empresa no Brasil e em nível mundial.

 

- Tipo de descarga: quais são?

?Convencional

Neste sistema, a válvula de descarga é instalada na parede em um cano que leva a água da caixa até a bacia sanitária. O registro é acionado por meio do acionamento, que libera a água para eliminar os desejos. O fechamento é controlado pelo usuário e, em via de regra, este modelo consome muito mais água do que o necessário. E para evitar esse desperdício, as placas de acionamento com duplo acionamento são essenciais.

Com caixa acoplada

Neste tipo de descarga, a caixa acoplada armazena água proveniente da caixa d’água. O mecanismo de descarga é o responsável por limitar o uso da água e os mais modernos contam com o duplo acionamento: 3 litros são empregados para eliminar dejetos líquidos e 6 litros para dizimar os dejetos sólidos. Por meio desta funcionalidade, é possível reduzir a quantidade máxima de água a ser usada na descarga, poupando o recurso natural.

 

Sistema Rimless:

Tecnologia exclusiva da Roca Brasil, o inovador sistema de descarga Rimless facilita a limpeza e a higiene da bacia sanitária. O desenho interno da bacia permite que a água flua por toda a estrutura, permitindo a lavagem total da parede interna, com mesmo consumo de água, menos respingos e mais eficiência.

 

Jato Plus

Em suas linhas de bacias, o sistema exclusivo Jato Plus. Veja como funciona:

1.No sistema, quando acionada a descarga, a água sai pelo topo da borda da bacia e circula por toda a estrutura interna;

2.Para completar, um furo de poço da bacia auxilia no momento da descarga, jogando um jato de água que equivale a 40% do volume utilizado sem fluxo e empurrando o volume de dejetos para saída do esgoto;

3.Junto com o melhor fluxo e escoamento da água, o usuário ainda é beneficiado por um risco menor de entupimentos e uma descarga mais silenciosa.

 

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.