Confira cinco dicas para reformar a casa sem sair do orçamento

Especialista afirma que com organização financeira, planejamento e boas ideias é possível transformar a casa

Assessoria de Imprensa
Foto: Pexels
Foto sobre "Confira cinco dicas para reformar a casa sem sair do orçamento"

Reformar a casa é o desejo de muitos brasileiros, afinal fazer pequenas obras são fundamentais para a manutenção do ambiente e ajudam a transformar e a renovar qualquer espaço. No entanto, é preciso um pouco de disciplina e organização para cumprir o objetivo sem sair do orçamento. Segundo Luís Toscano, vice-presidente de negócios da Embracon , uma das principais administradoras independentes especializada em consórcios, um bom planejamento financeiro pode ajudar nesse processo "É preciso levar em consideração vários fatores como mão de obra, materiais de construção, itens de decoração, além disso é muito importante aprender a driblar os imprevistos, analisando todos os gastos de acordo com o valor que a família tem disponível para a reforma", afirma Toscano.

O executivo listou 5 dicas fundamentais para realizar a reforma da casa sem estourar o orçamento da família. Confira abaixo:

1 - Defina suas metas

Criar metas é o primeiro passo para tirar o projeto do papel e alcançar os objetivos. Somente por meio delas é possível ter certeza que os propósitos estão sendo alcançados com sucesso e determinar quanto tempo a ação levará para ser concluída. Contudo, é necessário que essas metas sejam realistas, evitando impor objetivos impossíveis. Por isso, é importante analisar o quanto a família tem para investir neste sonho.

2 - Tenha uma reserva financeira

Antes de iniciar a reforma é importante fazer um levantamento do quanto será necessário na reforma e de quanto a família precisará poupar mensalmente para juntar o valor para a reforma. Mesmo que seja uma opção mais demorada, se for bem planejada, pode trazer muitos benefícios para todos da família, já que depois de reformada ela ficará desta forma por um bom tempo.

3 - Corte gastos

Esse é o momento para rever os gastos mensais da família e analisar onde é possível economizar e o que pode ser cortado das despesas da casa. Nesta hora, todos podem colaborar, pois esses cortes podem ser desde "bobeirinhas" compradas no supermercado até utensílios que não são essenciais para o bem-estar da família.

4 - Pesquise os preços dos materiais e invista em produtos de qualidade

Na hora de comprar os materiais de construção, vale a pena pesquisar bastante em diferentes lojas e checar se há a possibilidade de negociar um desconto no caso de uma compra grande. Afinal, esse valor será determinante no preço final da obra. Além disso, é importante investir em produtos de qualidade que são mais resistentes, portanto irão durar mais tempo. Por isso, é importante analisar o custo-benefício dos materiais para checar quais valem mais a pena na obra.

5 - Aproveite a carta de consórcio do imóvel para fazer uma reforma

Muita gente não sabe, mas é possível aproveitar o restante do valor do consórcio de um imóvel para realizar reformas na propriedade adquirida. A utilização do crédito remanescente é ideal para realizar algumas obras de melhorias para dar mais conforto para os novos moradores da casa. O consórcio garante planos em condições especiais para os investidores, sem o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), sem taxas de juros e com encargos de administração significativamente mais baixos, quando comparados à média do mercado.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.