SP amplia campanha de vacinação e inclui grupos com comorbidades

Pacientes transplantados imunossuprimidos, pessoas com síndrome de Down e pacientes renais em diálise serão vacinados no dia 10 de maio

Fonte: CNN Brasil
Foto: Divulgação / Governo do Estado de São Paulo
Foto sobre "SP amplia campanha de vacinação e inclui grupos com comorbidades"

O governo de São Paulo anunciou nesta terça-feira (20) a antecipação da vacinação contra a Covid-19 para pacientes transplantados imunossuprimidos, pessoas com síndrome de Down e pacientes renais em diálise, entre 18 e 59 anos, para o dia 10 de maio. De acordo com a gestão estadual, a expectativa é que 120 mil pessoas com essas comorbidades sejam imunizadas.

Servidores do Metrô e da CPTM também foram inclusos na campanha e o início da vacinação para esse grupo está previsto para o dia 11 de maio.

A princípio, serão imunizados todos os operadores de trem, independente da faixa etária. Logo depois, vai ser a vez dos funcionários do setor de operações, da área de manutenção, da segurança, os servidores da limpeza e da bilheteria. Esses, entretanto, precisam ter pelo menos 47 anos.

Segundo a CNN Brasil, essa prioridade no processo de vacinação é uma reivindicação dos trabalhadores do Metrô e da CPTM que planejavam, inclusive, fazer uma greve, caso o governo não os incluíssem nessa etapa. Os funcionários declaram que estão em contato direto com o público diariamente.

Ainda de acordo com a gestão estadual, motoristas e cobradores de ônibus começarão a ser imunizados no dia 18 de maio. O governo estima que 160 mil funcionários recebam a aplicação das doses.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.