Vereador de São Roque sugere implantação de Lockdown na cidade pelo período de 10 dias

Pedido tem como base a Carta do Movimento “Abril pela Vida”

Fotos: Divulgação
Foto sobre "Vereador de São Roque sugere implantação de Lockdown na cidade pelo período de 10 dias"

O vereador Paulo Juventude protocolou na Câmara Municipal a Indicação nº 331/2021, enviada ao Chefe do Executivo, Guto Issa, propondo que em São Roque seja implantado o Lockdown pelo período de 10 dias.

Segundo o parlamentar, seria permitida a circulação para aquisição de medicamentos, obtenção de atendimento ou socorro médico para pessoas ou animais, embarque e desembarque no terminal rodoviário ou atendimento de urgência ou necessidades inadiáveis próprias ou de terceiros. Quanto às atividades, a sugestão é que funcionem apenas as da área de segurança pública e privada, atividades industriais essenciais, prestação de serviço de transporte individual de pessoas e animais através de empresas, cooperativas ou pessoas e entrega em domicílio, conhecida como “delivery”, somente para supermercados, desde que operem com 30% do seu quadro de colaboradores ou prestadores de serviço e com as portas fechadas. Já os Postos de Combustíveis, exclusivamente, teriam que funcionar para abastecimento dos serviços públicos Municipais, Estaduais ou Federais, incluindo Polícia Militar.

Para Paulo Juventude, o pedido tem como base a Carta do Movimento “Abril pela Vida”, direcionada ao Presidente, Governadores e Prefeitos, solicitando um Lockdown de três semanas em abril. “A Carta, assinada por médicos, epidemiologistas e economistas, informa que a medida seria responsável por salvar pelo menos 22 mil vidas. No município de Araraquara, por exemplo, em 10 dias de Lockdown, houve uma redução de 39% da taxa de mortes por Covid-19 e 57,5% o número de casos”, esclarece.

Ainda de acordo com Juventude, São Roque vem avançando, mesmo que a passos curtos, na vacinação. “Pesquisadores britânicos da Universidade Imperial College London e da Universidade de Leicester, apontam que o contato em larga escala entre vacinados e variantes, como a de Manaus, pode gerar novas mutações, driblando a eficácia das vacinas, tornando o Brasil uma fábrica de variantes. Concluindo que o Lockdown e outras medidas de restrição são necessárias durante o processo de vacinação”, fala.

O vereador diz acreditar que com essa medida, além de salvar vidas, haverá um horizonte de retomada econômica mais próxima. “De fato essas restrições intensificam a pobreza e escancaram as desigualdades do município. Por isso, a necessidade da defesa de um auxílio emergencial verdadeiro, junto a essas medidas, algo que o Governo Federal falhou em fazer. Falhou com a vida povo brasileiro”, finaliza.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.

  • Valmir Reis

    Será que ele vai pagar nossas contas, porque o salário dele vem todo mês e o desempregado ele vai ajudar. Hipócrita.

  • ORLANDO AUGUSTO DE OLIVEIRA

    Quando não tem proposta para São Roque, Não inventa temos que trabalhar.

  • Sonia M dos Santos

    Ideia mto viável p diminuir os contágios. Pena que as pessoas não cooperam. E uma pergunta: MEU ALUGUÉL??????