Região deve receber novo lote de vacina contra Covid-19 a partir desta terça-feira

Com a chegada dos imunizantes em São Roque, a campanha de vacinação em idosos de 80 a 84 anos deve ser antecipada

Fonte: Jornal Extra
Foto: Reprodução / Instituto Butantan
Foto sobre "Região deve receber novo lote de vacina contra Covid-19 a partir desta terça-feira"

O Instituto Butantan deve entregar um novo lote da vacina Coronavac nesta terça-feira (23) ao Governo Federal, que na quarta-feira envia os imunizantes aos estados e municípios brasileiros, inclusive os da região de Sorocaba, na qual São Roque é pertencente.

De acordo com informações que chegam à nossa reportagem, na cidade a vacinação em idosos de 80 a 84 anos está prevista para ter início no dia 1º de março. No entanto, a partir da chegada dos imunizantes, o processo de imunização deve ser antecipado, gerando o aumento da quantidade de vacinados, que até o momento chega em torno de 5.500 pessoas.

Na segunda-feira (15), o Ministério da Saúde divulgou que assinou contrato para a aquisição de mais 54 milhões de doses da CoronaVac, totalizando 100 milhões a serem entregues ao longo do ano.

Confira o cronograma de entregas do Governo Federal

Fevereiro: previsão de distribuir 11.305.000 doses, sendo 2 milhões da vacina da AstraZeneca/Oxford (do lote importado da Índia) e 9,3 milhões da CoronaVac.

Março: total de 46.033.200 doses, sendo 16,9 milhões da vacina de Oxford (4 milhões importados da Índia e 12, 9 milhões com produção nacional via insumo farmacêutico ativo, o IFA, importado), 18,1 milhões de doses de CoronaVac, 8 milhões da Covaxin, 400 mil da Sputnik V e 2,6 milhões de doses da vacina de Oxford via consórcio Covax Facility (a coalização comandada pela OMS ainda pretende entregar mais 8 milhões de doses ao Brasil até junho, mas o Ministério da Saúde não detalhou este cronograma).

Abril: pelo menos 57.262.258 doses, sendo 4 milhões da vacina de Oxford, importados da Índia, 27,3 milhões com produção nacional via IFA importado, 15,9 milhões da CoronaVac, 2 milhões da Sputnik V e 8 milhões de doses da Covaxin.

Maio: ao menos 46.232.258 doses, sendo 28,6 milhões de Oxford com produção nacional via IFA importado, 6 milhões da CoronaVac, 7,6 milhões da Sputnik V e 4 milhões da Covaxin.

Junho: 42.636.858 doses, considerando os 8 milhões do Covax Facility (o prazo de envio é até o fim do primeiro semestre), 28,6 milhões de Oxford, com produção nacional via IFA importado, e 6 milhões da CoronaVac.

Julho: pelo menos 16.548.387 doses, sendo 3 milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford com produção nacional via IFA importado e 13,5 milhões de doses da CoronaVac.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.