Prefeitura de São Roque inicia vacinação contra Covid-19

Nesta primeira etapa, a ação é direcionada aos profissionais de saúde, indígenas e quilombolas

Fotos: Evander Portilho
Foto sobre "Prefeitura de São Roque inicia vacinação contra Covid-19"

A Prefeitura de São Roque iniciou a vacinação contra o coronavírus na manhã desta quarta-feira (20). De acordo com a administração, o município já estava preparado para vacinar a população e apenas aguardava a chegada dos materiais por parte do Governo Estadual para dar início à campanha.

“O início da vacinação contra o coronavírus é o momento esperado por toda a população. Nos preparamos para que pudéssemos realizar esta ação de forma segura e eficiente para o povo de São Roque”, afirmou o prefeito Guto Issa.

São Roque recebeu 1.240 doses da Coronavac para realizar a ação, que nesta primeira etapa é direcionada aos profissionais de saúde, indígenas e quilombolas. Duas profissionais da rede pública de saúde com anos de experiência no atendimento à população foram as primeiras vacinadas.

Neuza Aparecida Carvalho tem 68 anos e trabalha como Técnica de Enfermagem na Santa Casa de São Roque, irmandade onde atua há 48 anos. A funcionária faz parte da história do hospital, principalmente do setor da maternidade, onde ao lado de outros profissionais exerce um papel fundamental no nascimento de crianças.

“Fico honrada de ser escolhida para tomar esta vacina tão importante e incentivo a população a também se imunizar sem medo. Vacina é vida”, comentou.

Já Rosilene Santana Oliveira tem 55 anos e atua como técnica de enfermagem há 31 anos na rede de saúde municipal, já tendo passado por diversos postos de saúde do município. Atualmente ela está atuando no Prédio da Vigilância em Saúde, no setor de vacinação dos são-roquenses.

“Como toda a população, estou ansiosa para receber a vacina, mas também muito feliz por este momento ter chegado. Atuo na área de vacinação e posso dizer que a imunização é essencial para a saúde de todos”, disse.

Vacinação para público restrito

O munícipio conta com 60 mil kits montados para realizar a vacinação da população e que são compostos por seringas, agulhas, luvas, máscaras e EPIs recomendados pelo Ministério da Saúde.

A primeira etapa da vacinação será destinada aos profissionais da saúde, quilombolas e indígenas. São caracterizados como profissionais de saúde, todo trabalhador que atue em locais que ofereçam serviços na área, como pessoal administrativo e dos serviços de nutrição, segurança, limpeza, conservação, enfermagem, equipes médicas e cirúrgicas, técnicos de laboratórios e etc.

A imunização acontecerá no Centro de Saúde do Município (centro), na Vigilância Epidemiológica e nas unidades de saúde dos bairros Saboó, Carmo, Maylasky, São João Novo, Canguera, Világio, Goianã e Vila Nova.

O horário de vacinação acontecerá das 8 às 17 horas e será necessário que os munícipes apresentem na unidade de saúde um documento oficial com foto, comprovante de endereço e um documento que comprove sua atuação na área ou em locais que atuem no setor saúde, como registro de classe ou holerite. No caso de maiores de idade, estes poderão apresentar documento oficial com foto.

Tendo como base os resultados da vacinação contra influenza, realizada em 2020, a expectativa é de que mais de 2.900 pessoas sejam vacinadas nesta primeira etapa.

Vacinação nos hospitais

Para preservar os agentes de saúde que trabalham nos hospitais do município, a Prefeitura de São Roque irá enviar doses de vacinação para serem aplicadas nos profissionais que já atuam na Santa Casa, Unimed e São Francisco, para que possam ser imunizados nos hospitais e evitando que tenham que se deslocar até os pontos de vacinação.

“Este é um momento de vital importância para a saúde da nossa cidade e que trará mais segurança aos nossos profissionais de saúde e, em breve, para toda a nossa população”, afirmou o Diretor de Saúde, João Gabriel Vieira.

Cuidados continuam

Apesar do início da vacinação em São Roque, a luta contra o coronavírus continua e, assim, é essencial que a população continue a seguir as ações preventivas contra a propagação do covid-19 como:

• Use máscaras;

• Higienize as mãos com álcool gel;

• Evite aglomerações.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.

  • Luciana

    Estranho, acabei de ligar no posto de saúde e me informaram que a vacina não chegou e ou não está liberada. Muito estranho! Será que vai fazer estoque!!!! Sou profissional de saúde, trabalho no hospital e trabalhei 5 meses na linha de frente. Não vou ter direito de receber a vacina! É isso mesmo