Bolsonaro diz que "Vacina é do Brasil", não é de nenhum governador

A crítica foi para o Governador de São Paulo João Dória, mas em outras ocasiões, Bolsonaro chamou o imunizante de 'vacina chinesa de João Doria'

Foto sobre "Bolsonaro diz que "Vacina é do Brasil", não é de nenhum governador"
Creditos da imagem: Carolina Antunes PR - Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira (18) que a vacina Coronavac é "do Brasil, não é de nenhum governador".
Bolsonaro fez a afirmação após  a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberar o uso emergencial de duas vacinas contra a Covid-19, no domingo (17).

A mensagem foi  ao governador de São Paulo, João Doria, que iniciou a vacinação  no domingo,  no Hospital das Clínicas em São Paulo, sem esperar a distribuição do Ministério da Saúde.
O Ministro da Saúde Eduardo Pazuello classificou a atitude como  como ilegal. Por diversas vezes o  próprio presidente,  afirmou que  a CoronaVac estava vinculada ao governador de São Paulo, chamando o imunizante inclusive de "vacina chinesa do João Doria".

O Presidente Bolsonaro, colocou  a  eficácia dos imunizantes em dúvida,   após a aprovação da Anvisa disse,  "não tem o que discutir mais".“Apesar da vacina...Apesar, não. A Anvisa aprovou, não tem o que discutir mais. Agora, havendo disponibilidade no mercado, a gente vai comprar e vai atrás de contratos que fizemos também, que era para ter chegado aqui. Então, está liberada a aplicação no Brasil. E a vacina é do Brasil, não é de nenhum governador, não — disse Bolsonaro a apoiadores, no Pálacio da Alvorada”.

Publicidade:

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.