Jornal da Economia inova e realiza bate papo com os candidatos a vice de São Roque em novembro

Encontro virtual será realizado no dia 4 de novembro às 4 da tarde e tem a intenção de apresentar os vices a população, apenas Maique Boccato, vice de Guto Issa disse que não irá participar

Fotos: Divulgação
Foto sobre "Jornal da Economia inova e realiza  bate papo com os candidatos a vice de São Roque em novembro"
Creditos da imagem: Mara Segabinazzi, Marquinho Chula, Regiane Dalarovera, Suseli Sena e Vorneis de Lucia

O Jornal da Economia inova mais uma vez e dentro da sua cobertura das eleições em São Roque, além dos prefeitos também ouviremos os candidatos a vice nestas eleições municipais. Iniciamos na terça-feira (13) a série de entrevistas com os candidatos à Prefeitura Municipal, entrevistando o atual governante, Cláudio Góes do PSDB que é candidato a reeleição e seguimos para a entrevita do candidato Ronaldo Alves do PSL, ocorrida na sexta-feira (16).

Porém nestas eleições o Jornal da Economia também dará espaço para que os candidatos a vice-prefeitos possam expor suas ideias sobre a cidade e o eleitor possa conhecer cada um. Assim, o Jornal da Economia reunirá Mara Segabinazzi (vice de Ronaldo Alves), Marquinho Chula (vice de Cláudio Góes), Regiane Dalarovera (vice de Carlos André), Suseli Sena (vice de Wanderlei da Qualiser) e Vorneis de Lucia (vice de Vinícius Montebello) no dia 04 de novembro, às 16h, para uma roda de bate papo que tem o objetivo de apresentar aquele que estará ao lado do prefeito na gestão municipal.

O encontro será comandado pelo Jornalista Carlos Mello e não será um debate, apenas um bate papo informal com os candidatos, que não questionarão as propostas uns dos outros e sim falarão sobre suas candidaturas e ideias para São Roque.

“A ideia é dar visibilidade a todos os vices e mostrar quem é quem nestas eleições. O eleitor terá a oportunidade de conhecer cada um, afinal o vice pode virar prefeito a qualquer momento e o seu nome é tão importante quanto o prefeito”, comenta o jornalista Carlos Mello.

Candidato Maique Boccato recusa o convite

Todos os seis candidatos a vice-prefeito foram convidados para participarem desta roda de bate papo entre os candidatos e a única recusa foi a de Maique Boccato, que concorre ao lado de Guto Issa pela cadeira no executivo são-roquense.

Ao receber o convite, Maique agradeceu a proposta, mas declinou informando que somente participaria se houvesse um debate entre os candidatos a Prefeito de São Roque e como o mesmo não ocorrerá, não participará do encontro com os outros candidatos a vice-prefeito. O Jornal da Economia respeita o posicionamento do candidato, porém não irá realizar o debate neste ano principalmente pela pandemia de coronavírus.

“Não tem a mínima condição de realizar um debate com 6 candidatos ao vivo  de forma presencial, um evento como este necessitaria de pelo menos 6 meses de trabalho para sua realização”, comenta Carlos Mello, diretor de Jornalismo.

O JE foi o pioneiro em realizar diversos debates presenciais e assumiu  sozinho a tarefa de expor o confronto de ideias entre os aspirantes a prefeitura. “Somos até hoje o único veículo de comunicação a já ter feito isso na cidade, a pandemia trouxe uma série de complicações, não só dificultando que os candidatos pudessem estar no mesmo espaço, como também trazendo uma série de inconvenientes para que pudéssemos montar a estrutura necessária para a realização desse evento”. Comenta a direção do JE.

O Jornal da Economia entende sua responsabilidade social e de prestação de serviço  e se não podemos realizar este ano um debate sério e com uma estrutura que possa trazer segurança e informação aos candidatos e a população, optamos como já ocorreu na eleição de 2016 a oportunidade de apresentar os planos de governo de cada candidato como esta  série de entrevistas com os candidatos a prefeito e o bate papo com os vice-prefeitos.

“O eleitor é inteligente e temos a certeza de que ouvindo os candidatos terão uma oportunidade maior de conhecer cada um que tem a condição de apresentar suas propostas em nossas entrevistas. Fique ligado, conheça cada candidato, veja o que cada um já realizou no passado para definir seu voto que é sagrado”, finaliza Carlos Mello.

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.