Como utilizar a inovação para melhorar seus negócios

Inovação pode ser a chave para o sucesso de uma companhia

Assessoria de imprensa
Foto sobre "Como utilizar a inovação para melhorar seus negócios"

Photo by Andrea Piacquadio/Pexels License “Inovação pode ser a chave para o sucesso de uma companhia”

 

A inovação é uma das ferramentas mais poderosas para os empreendedores nacionais e internacionais. Através dela é possível melhorar produtos ou serviços de forma incremental para alçar novas alturas nunca imaginadas ou até mesmo alterar para sempre todo um setor de negócios com criações disruptivas.

Na hora de inovar para melhorar seus negócios, as empresas podem escolher entre diversas estratégias de inovação distintas. Cada uma conta com custos de oportunidade únicos para os empreendedores, que devem ser estudados de forma cuidadosa antes de sua implementação, mas todas oferecem oportunidades vantajosas que simplesmente não existiriam sem elas.

A inovação incremental é a arte de melhorar um produto com novas tecnologias

A inovação incremental é um dos tipos de inovação mais importantes de todos, se não o mais importante. Esse tipo de inovação é baseado em utilizar novas tecnologias para melhorar produtos ou serviços já existentes, tanto para manter a fatia do mercado de uma determina empresa quanto para ampliá-la.

Existem muitos exemplos de inovação incremental que podem ser mencionados, mas poucos foram tão bem-sucedidos quanto os populares jogos de cassino online. Esses jogos existem desde a metade dos anos 1990, mas melhoraram cada vez mais à medida que a internet ficou mais rápida e surgiram os dispositivos mobile, com cada uma dessas novidades representando um salto exponencial no número de usuários do serviço.

Se antes os entusiastas de cassinos precisavam passar minutos esperando uma conexão estável para acessar seus jogos favoritos, atualmente é preciso apenas um toque para acessar sites online que contam com todo tipo de jogo tradicional. Além disso, os jogos são muito mais leves e os aplicativos existentes conseguem rodar em qualquer smartphone atual.

Outro tipo de inovação incremental bem-sucedida são as famosas lâminas de barbear da Gillette, que assim como a Xerox e a Band-Aid, se tornou sinônimo do objeto que produz.

As primeiras giletes (o aparelho acabou virando sinônimo com a marca) contavam com apenas uma lâmina simples e resistente, mas à medida que a tecnologia evoluiu nos últimos cem anos da marca ela passou para três e depois cinco lâminas em suas últimas iterações, assim como uma cabeça móvel que permite seguir o desenho do rosto.

Cada uma das inovações incrementais mencionadas acima serviu não apenas para promover um barbear mais completo e suave que as anteriores, mas também para solidificar o espaço da marca no mercado e fazer com que ela crescesse mesmo diante da passagem do tempo.

 

Photo by Crisco 1492/CC BY-SA 4.0 “Gillette é um dos melhores exemplos de inovação incremental”

 

Inovação disruptiva é aquela que que muda para sempre um setor com um novo produto ou serviço

A “disrupção” é um dos termos favoritos de startups e novas empresas voltadas para a criação de novas tecnologias que dominam o mercado. Identificada pelo mundialmente famoso professor e empreendedor Clay Christensen, esse tipo de inovação introduz um novo produto ou serviço a um mercado ou setor existente que faz com que ele seja alterado para sempre.

Normalmente, a inovação disruptiva ocorre quando novos produtos ou serviços começam no fundo do mercado, mas acabam subindo e deslocando seus concorrentes. Estes simplesmente não conseguem competir com a simplicidade, conveniência, acessibilidade ou baixo custo introduzidos pela novidade.

Muitas vezes esse fundo ou nicho de mercado pode parecer pouco atraente ou até mesmo irrelevante para os operadores tradicionais do setor, mas eventualmente o novo produto ou ideia acaba redefinindo o mercado em que foi inserido.

Um dos melhores exemplos para isso é o crescimento ininterrupto da Netflix em relação a antiga locadora Blockbuster. O modelo de negócios disruptivo da companhia de streaming, que começou com o aluguel de DVDs sem sair de casa, proporcionou aos entusiastas uma alternativa muito mais vantajosa com diversos shows, filmes e séries disponíveis a um custo acessível – fato que fez com que o modelo da locadora se tornasse obsoleto até mesmo antes da Netflix passar a utilizar a internet para transmitir sua programação.

Outro tipo de inovação disruptiva de sucesso que inclusive pode ser acompanhada em tempo real pelos empreendedores são as novas fintechs, como o Banco Original e o Nubank, assim como a utilização de novos meios de pagamento em detrimento de ferramentas tradicionais.

Nesse último caso, é possível ver até mesmo gigantes de tecnologia como o Facebook, dono do WhatsApp, realizando parcerias com empresas do setor de pagamentos para permitir que os consumidores façam pegamentos e transferências através do aplicativo, uma tecnologia impensável apenas alguns anos atrás.

Futuro pertence a quem tiver capacidade de inovar da forma certa

A concorrência é um dos pilares do mercado e a melhor forma orgânica de definir qual serviço ou produto merece conquistar o consumidor final. Os diferentes tipos de inovação são uma das melhores formas de melhorar um negócio e garantir que o empreendedor se destaque em relação aos seus concorrentes, o que torna essa uma das partes mais importantes e dignas de atenção de qualquer empreendimento.

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.