Pesquisa brasileira aponta que coquetel de medicamentos eliminou o vírus da Aids em paciente

Brasileiro pode ser um dos primeiros casos de cura da doença

Fotos: Divulgação
Foto sobre "Pesquisa brasileira aponta que coquetel de medicamentos eliminou o vírus da Aids em paciente"

Pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) apresentaram nesta terça-feira (07) uma pesquisa que mostra a remissão de um paciente tratado com um novo coquetel contra a Aids e que está sem carga viral há mais de dois anos.

O homem de 34 anos foi diagnosticado com HIV em 2012 e foi tratado com uma base de terapia antirretroviral reforçada com outras substâncias, com a adição de um medicamento chamado nicotinamida (um tipo de vitamina B3).

O tratamento foi interrompido após 48 semanas (13 meses) e depois de mais 57 semanas (11 meses) sem o coquetel, o DNA de HIV nas células do paciente e o exame de anticorpos continuavam negativos. 

O caso foi apresentado em uma conferência sobre a Aids em San Francisco, nos Estados Unidos, e causou uma grande repercussão. "Este caso é extremamente interessante, e realmente espero que possa impulsionar pesquisas adicionais para uma cura do HIV", disse Andrea Savarino, médico do Instituto de Saúde da Itália que coliderou o teste, em uma entrevista à NAM Aidsmap.

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.