Governo do Estado vai tentar convencer São Roque e Ibiúna a seguirem o Plano São Paulo

Secretário Marco Vinholi falou ao SBT Sorocaba sobre situação de São Roque e Ibiúna no Plano de flexibilização do comercio

Fonte / Imagem: TV Sorocaba
Foto sobre "Governo do Estado vai tentar convencer São Roque e Ibiúna a seguirem o Plano São Paulo"

O Governo do Estado de São Paulo buscará o diálogo com os prefeitos das cidades de São Roque e Ibiúna para que os municípios possam restringir sua flexibilização comercial. A última atualização do plano São Paulo rebaixou a região de Sorocaba (da qual as duas cidades fazem parte) para a fase 1 que é a bandeira vermelha, onde deveriam operar apenas os comércios essenciais.

Entretanto os dois municípios se mantiveram na fase 2 do plano estadual, bandeira laranja,  onde são permitidos o funcionamento de lojas varejistas, imobiliárias, concessionárias e shoppings. Os prefeitos Cláudio Góes (PSDB) e João Mello (PSD) afirmaram que não consideram justo que as cidades tenham suas atividades comerciais restringidas devido aos seus bons resultados no combate ao coronavírus.

Segundo o Secretário de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marco Vinholi, com o enfrentamento da pandemia não é o momento de isolamentos e atos que não levem em conta a situação de toda a região e que irá buscar o convencimento com os governantes das cidades. “São dois bons prefeitos. Os conheço de perto e vou buscar o convencimento e o dialogo em torno da importância neste momento de presevarmos uma maior restrição. Buscaremos este caminho e tenho certeza de que através desse apoio ao enfrentamento ao coronavírus nós vamos seguir com o Plano São Paulo, resguardando a população da região. Confira abaixo a entrevista do secretário dada a TV Sorocaba. 

 

 

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.

  • Eurico

    Ibiuna é terra de ninguem. Cada um faz o que bem entende. Não ha policiamento nem fiscalizacao nem vigilancia sanitaria. Nos bairros e recreios nunca houve respeito a nada . Aqui ha criação de porcos em zonas residenciais, pois Vigilancia Sanitaria nao consegue impor cumprimento. HA LIxo pela rua pois prefeitura contrata firmas incompetentes. Policiamento é raro durante o dia e a noite inexistente e daí prolifera festança sem respeito a Horario de silencio, com chacaras alugadas para festas que perturbam a wuem esta a mais d