Sorocaba Refrescos produz novos rótulos informativos de combate ao coronavírus na região

Empresa também distribuiu produtos para a comunidade

Foto sobre "Sorocaba Refrescos produz novos rótulos informativos de combate ao coronavírus na região"

A Sorocaba Refrescos, franquia do sistema Coca-Cola Brasil para Sorocaba e região, vem adotando diversas medidas para minimizar o impacto do coronavírus entre seus colaboradores e na comunidade. No início desse mês, a empresa doou bebidas, entre chás e refrigerantes, para cinco entidades de Sorocaba. A companhia também se uniu às ações propostas pela própria Coca-Cola Brasil e está imprimindo nos rótulos das garrafas PET de 2 litros informações sobre a prevenção ao vírus.

Os caminhões da frota estão sendo adesivados com informações relevantes de prevenção ao COVID-19 desenvolvidas pelo Ministério da Saúde e a empresa está apoiando mais de 11 mil catadores e trabalhadores autônomos de todo o país junto ao programa Reciclar pelo Brasil.

"A Sorocaba Refrescos sempre se posicionou como parte da solução em cenários desafiadores, e não será diferente desta vez. Ainda que seja uma situação sem precedentes, estamos comprometidos com todas as ações que sejam positivas e ajudem a minimizar os impactos do coronavírus em nossa região e em toda a sociedade”, afirma Cristiano Biagi, diretor-presidente da companhia.

Internamente, a Sorocaba Refrescos também decidiu implementar o home office para todos os funcionários administrativos, oferecendo toda a tecnologia necessária para que executem normalmente suas tarefas por meio de aplicativos, conferências e demais ferramentas para manter a produtividade e garantir o isolamento social. Seguindo as normas da Organização Mundial da Saúde, investiu ainda em EPIs, informativos, cartilhas, instalação de dispensers de álcool em gel, nebulização das áreas comuns e no aumento das aplicações de produtos sanitizantes já normalmente realizados dentro da fábrica e demais locais.

Apoio à baixa renda

Em meio à crise, a Coca-Cola Brasil e o Instituto Coca-Cola Brasil criaram um fundo para beneficiar comunidades de baixa renda e catadores de resíduos. Os valores irão para ONGs e instituições parceiras em programas de capacitação de emprego, acesso à água e reciclagem da empresa. "Reconhecemos que o momento é difícil para todos e garantimos que nossas decisões são baseadas em empatia e solidariedade. Buscamos contribuir, mantendo nossas operações e direcionando nossos recursos para ajudar os segmentos mais vulneráveis da população com os quais já temos um relacionamento sólido e de longos anos”, afirma Henrique Braun, presidente da Coca-Cola Brasil.

Com o fundo de apoio e solidariedade, o objetivo é ajudar a combater a COVID-19 em 71 comunidades de 14 estados e Distrito Federal, onde vivem 2,8 milhões de pessoas. Para os catadores, o foco é contribuir na garantia da renda mínima a mais de 11 mil cooperados e autônomos. O modelo de parceria permite que entidades voltadas a populações vulneráveis usem seu conhecimento para cuidar de quem mais precisa. “Fizemos primeiro uma escuta com parceiros, organizações sociais e comunidades para entendermos de fato como poderíamos contribuir de forma assertiva. Optamos por viabilizar recursos financeiros de forma rápida para custos e demandas emergenciais das populações”, explica Daniela Redondo, diretora executiva do Instituto Coca-Cola Brasil.

O programa Reciclar pelo Brasil – maior plataforma de reciclagem inclusiva do país, com 230 cooperativas apoiadas em 21 estados – irá direcionar todo o orçamento que seria gasto em infraestrutura para recurso direto aos catadores, garantindo renda mínima aos cooperados. A Coca-Cola Brasil fará um aporte adicional à Campanha de Solidariedade aos Catadores do Brasil, formada pela Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (Ancat) e diversas organizações de base, para que catadores autônomos também recebam apoio nesse momento.

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.