Ainda é tempo de evitar uma catástrofe!

A pandemia antes levada com pouca seriedade mostrou-se avassaladora em alguns países da Europa

da Redação Foto: divulgação
Foto sobre "Ainda é tempo de evitar uma catástrofe! "

Segundo dados de janeiro do CNES ( Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde) havia 50 mil leitos de UTI no país sendo apenas 22 mil vagas disponibilizadas pelo SUS. Entenderam a preocupação?

 

A comparação entre cidades de outros países que adotaram precocemente a medida de “confinamento “da população, mostra importante diferença no número de casos de COVID-19.

 

Isso ocorre porque o coronavírus tem fácil transmissão interpessoal, através de gotículas de saliva eliminadas em espirros ou tosse. Além disso, esse vírus tem a capacidade de permanecer vivo por horas em aerossóis no ar e em superfícies que foram atingidas por essas gotículas.

 

Precisamos atuar em duas frentes:

  • construção emergencial de novos leitos de UTI com respiradores e equipes treinadas
  • evitar a propagação do vírus entre as pessoas e essa medida depende exclusivamente da população: FICAR EM CASA e atentar para os cuidados de higiene

Não sair as ruas sem motivo forte para tal, evitar atividades físicas que exponham a risco de traumas ou até mesmo atividades intensas, pois qualquer ocorrência médica poderá ser motivo para um pronto atendimento em ambiente hospitalar e correr sérios riscos de contaminação pelo coronavírus. É hora de nos trancarmos, nos escondermos como qualquer ser vivo que está  sob ataque e em perigo iminente.

 

Teremos consequências? Sim e não serão pequenas. Se nada acontecer nesse período interrompendo a evolução natural da doença, as complicações econômicas serão severas, mas poderão ser ainda maiores se a contenção de doentes e mortes não forem feitas.

 

Como podemos falar de mortalidade baixa, se não identificarmos os doentes e nem os motivos de óbitos por falta de testes ou pela demora na obtenção dos resultados?

 

 Nesses cenários todo cuidado é pouco.

 

 

Dra. Renata de Campos Boschini

CRM 98255

Clínica Médica Santa Helena

 

 

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.