Diretora de Saúde de São Roque confirma morte suspeita de coronavirus na cidade

Paciente residia em São Roque e em São Paulo, onde foi atendido

Fonte: São Roque Notícias
Foto sobre "Diretora de Saúde de São Roque confirma morte suspeita de coronavirus na cidade"

Em pronunciamento realizado na manhã desta terça-feira (24) a Diretora de Saúde de São Roque Daniela Groke confirmou o caso de uma morte por suspeita de coronavírus em um residente da cidade.  O morador de São Roque estava internado em um hospital particular de São Paulo, e faleceu na manhã de segunda-feira (23) após ter resultado positivo de coronavírus (COVID-19) em exames realizados pela direção do hospital.

Segundo a diretora, como o caso foi atendido em São Paulo e o endereço apresentado pelo paciente era de sua residência em São Paulo, a Vigilância Epidemiológica de São Roque não foi notificada sobre o ocorrido. “A partir do momento que soubemos extraoficialmente sobre este caso, a vigilância epidemiológica entrou em contato com o familiares do paciente para obter informações sobre o ocorrido. O exame realizado no paciente pelo hospital foi positivo, porém temos que aguardar o exame oficial e enquanto aguardamos, tomamos todas as medidas necessárias para com a família e os contactantes deste paciente, que já estão em quarentena aqui na cidade de São Roque”, informou Groke.  Confira abaixo o pronunciamento da profissional. 

PUBLICIDADEAnuncio Alaska 24/03/2020

O homem é um idoso de 68 anos e já tinha problemas de saúde, como diabetes e problemas cardíacos. Ele residia em uma chácara localizada na divisa entre São Roque e Itapeví e, após passar mal no dia 07 de março foi levado por familiares para o hospital em São Paulo, onde inicialmente foi constatado um quadro de pneumonia.

Apesar do diagnóstico ele não ficou internado e passou a frequentar diariamente a unidade de saúde, até que no dia 14 de março os exames constataram uma piora no seu quadro e uma nova bateria de avaliações foi realizada, tendo um novo agravamento no dia 17, quando foi levado as pressas ao hospital com falta de ar e tosse.

Após uma nova avaliação, o paciente foi internado e diagnosticado com suspeita do coronavírus. De acordo com familiares, ele foi entubado, pois não se sabia se ele podia ter contraído a doença na região onde vive ou no hospital, porém no dia 21 de março os resultados dos exames realizados pela instituição atestaram positivo para coronavírus.

Após o falecimento no dia 23, familiares informaram que receberam o atestado de óbito confirmando pneumonia aguda e infecção/coronavírus.

O corpo do idoso seria encaminhado na madrugada desta terça-feira, 24, para um crematório em São Paulo, sem a realização de um velório.

A esposa do idoso, que reside sozinha na chacará, e uma cuidadora que mora em outra residência na mesma propriedade com o marido e três filhos teriam sido as únicas a terem contato com o paciente e assim todos estão sendo mantidos em quarentena.

 

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.