Covid-19: Doença pode ser transmitida por cães e gatos?

O veterinário Alexandre Pierroni esclareceu dúvidas da população

Foto: Getty Images
Da Redação: Ana Laura Gonzalez
Foto sobre "Covid-19: Doença pode ser transmitida por cães e gatos?"

Com a propagação do novo coronavírus nas últimas semanas, pessoas que possuem animais de estimação em casa têm demonstrado bastante preocupação com a possibilidade dos bichinhos serem contaminados ou até de transmitirem a doença. Antes de tudo, é importante destacar que existem vários tipos de coronavírus. Os micro-organismos ganharam este nome pelo fato de terem semelhança com uma coroa, quando visualizados pelo microscópio. Algumas cepas - que são mutações genéticas desses micro-organismos - infectam seres humanos, outras só animais.

Em entrevista ao Jornal da Economia, o veterinário Alexandre Pierroni garantiu que os pets não podem ser infectados pela Covid-19 ou transmiti-la aos humanos, e explicou que a doença é pertencente à família do alpha coronavírus e do beta coronavírus. Alexandre também falou das variações do vírus e esclareceu que o coronavírus canino (coronavirose) causa diarreia e infecções intestinais nos cães, mas que já possui vacina para imunizá-los. Se tratando dos gatos, o nome é coronavirose felina. Ela afeta o peritônio dos bichanos, causando a peritonite infecciosa (PIF), que não tem cura.

A Organização Mundial da Saúde também afirma que não há evidências de que os pets possam ser infectados ou transmitir a doença para as pessoas. No entanto, Pierroni destacou a importância de que alguns cuidados sejam levados a sério. “Se a pessoa estiver doente, existe a recomendação de ela evitar o contato com animais. Essa medida é uma forma de você não ter tanta promiscuidade, porque os vírus são mutáveis, porém não existe o risco”, disse o profissional.

Sintomas e o contágio do coronavírus nos pets

  • Nos cães, os sintomas são vômito, diarreia escura e falta de interesse do animal em se alimentar;
  • Nos gatos, o vírus entra pelo sistema respiratório e atinge os pulmões, prejudicando o bom funcionamento dos mesmos;
  • O contágio dos animais geralmente é provocado através da alimentação, ou seja, quando um deles come da mesma vasilha de outro pet que esteja infectado.

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.