Presépio de 79 anos continua tradição familiar em Mairinque

Presépio da família Viaro começou em 1940

Da Redação: Rafael Barbosa
Da Redação: Rafael Barbosa
Foto sobre "Presépio de 79 anos continua tradição familiar em Mairinque"

O presépio construído todos os anos pela família Viaro, em Mairinque, completou 79 anos em 2019. A representação de histórias cristãs é formada por mais de quatro mil peças e ocupa 12 metros, apresentando diversas histórias bíblicas como o nascimento de Cristo e a visita dos Reis Magos, encantando pela sua complexidade e beleza.

Exibido há quase 80 anos, a tradição começou em 1940, com o senhor Osley Viaro, quando ele foi presenteado com figuras religiosas na época em que tinha apenas oito anos. “Ganhei cinco peças que retratavam a ‘Sagrada Família’ e com elas eu fiz o presépio. Na época minha tia me disse para fazê-lo por sete anos, embora não saiba por quê. Mas eu gostei e depois dos sete anos continuei fazendo e assim se passaram mais de 70 anos”, comentou Osley na época em que o Jornal da Economia visitou o presépio, que se tornou uma das atrações natalinas mais famosas da cidade.

Infelizmente o senhor Osley nos deixou em julho deste ano, aos 87 anos, porém sua tradição perdurou através de seu filho Osley José, conhecido em São Roque pela sua participação nas Festas de Agosto como o chef dos jantares organizados pelos Festeiros. Osley conta que o presépio é uma tradição muito bonita da sua família, que fez parte de toda a sua vida e assim decidiu continuar em 2019, abrindo sua casa para visitações como o seu pai fazia.

“Meu pai sempre montou o presépio, então eu cresci com ele. Só nesta casa, onde papai morou, o presépio está há 45 anos e é interessante notar como ele tem acompanhado algumas gerações. Recentemente recebi a visita de uma amiga que trouxe a neta e me confidenciou que ela já visitava o presépio quando criança, então são 79 anos de presépio que já contemplam três gerações”, comenta Osley José.

Uma tradição que demanda tempo e muito cuidado, já que o presépio contempla aproximadamente cinco mil peças que são dispostas em um formato específico para que possam retratar tantas histórias lindas. Ao todo foram necessárias três semanas para preparar a obra, que traz itens de diversos lugares do Brasil e do mundo, como a pequena fonte com água do Rio Jordão, um pequeno vaso com terra de Belém, além de outras peças vindas da Itália, Patagônia e China, e também itens de vários outros países que fazem parte desta decoração que é preservada através da fé e do amor.

O presépio é uma visão impressionante, mas por maior e mais detalhado que seja, ainda não está completo. No dia 24 de dezembro será colocada a última peça da decoração, uma imagem de Jesus Cristo ainda bebê, que faz parte das peças originais, presenteadas a Osley em 1940. Após uma oração, a imagem será colocada no presépio, que ficará completo até o dia 06 de janeiro.

O espaço estará aberto para visitações até o dia 06 de janeiro de 2020 e os interessados em conhecê-lo, podem visitar gratuitamente a casa da família Viaro, localizada na Rua Cásper Líbero, nº 193, de terça a domingo, das 13h00 às 20h30.

“O presépio não é um enfeite de Natal, ele representa devoção e conta uma história. Assim, ele não deve ser visto da rua e sim dentro da minha casa, que está aberta a todos que queiram conhecê-lo”, completa Osley José.

Confira as imagens abaixo.

OFERECIMENTO

 

 

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.