Suplementos que funcionam melhor do que muitos cremes antirrugas

Por agência emarket
Foto sobre "Suplementos que funcionam melhor do que muitos cremes antirrugas "

Ter uma pele bonita e saudável é o sonho de milhões de pessoas no mundo inteiro. Para ajudar a alcançar seus objetivos, muitos têm utilizado os suplementos alimentares chamados nutricosméticos. Elas são as chamadas “cápsulas de beleza” — elementos que ajudam a cuidar da beleza da pele de dentro para fora, ao invés dos tradicionais cremes estéticos.

 

Não é à toa que o mercado de nutricosméticos têm a perspectiva de ultrapassar a marca de 7 bilhões de dólares até 2025, segundo a Transparency Market Research. Produtos como o suplemento de colágeno e o Resveratrol têm sido comprovados bastante eficientes no controle do envelhecimento precoce e na redução da flacidez da pele, justificando o crescimento esperado de 5% na indústria mundial, segundo a pesquisa de mercado.

 

O uso da suplementação para fins estéticos não é nenhum exagero. Muito pelo contrário, já que os componentes químicos dos nutricosméticos são naturalmente produzidos pelo corpo humano, até uma certa idade. Segundo o vídeo abaixo, a produção de colágeno já começa a ser reduzida a partir dos 25 anos de idade. Aos 50 anos, o organismo só produz 30% do colágeno necessário para a manutenção do maior órgão do corpo humano: a pele.

 

 

 

 

Nutricosméticos e seu papel na beleza da pele

 

Todos os nutrientes comercializados como nutricosméticos estão presentes nos alimentos. O problema é que, com a correria do dia a dia, é muito difícil manter uma alimentação tão diversificada que ajude efetivamente a compor o complexo buquê que o corpo humano precisa para suprir sua necessidade desses componentes.

Veja a seguir os principais agentes de beleza e onde eles podem ser encontrados naturalmente.

 

 

Colágeno

 

É responsável pela formação e renovação das fibras de sustentação da pele, reduzindo a flacidez e prevenindo estrias. Ele pode ser encontrado no tutano de boi e em algas. Existem alguns alimentos concentrados em colágeno, como a gelatina, carnes vermelhas (sem gordura), ovos, repolho e o caldo de mocotó.

 

 

Biotina e o Silício Orgânico

 

Para ter cabelos e unhas mais bonitos e saudáveis, os principais nutrientes são a Biotina e o Silício orgânico. Ambos contribuem para a produção da queratina, substância responsável pela formação dos fios capilares e das unhas. A Biotina é encontrada naturalmente nas gemas de ovos e castanhas, enquanto o Silício orgânico, nas frutas cítricas.

 

 

Vitamina C e Resveratrol

 

Para o controle do envelhecimento precoce, a famosa Vitamina C e o Resveratrol são chave, tendo funções diferentes. A Vitamina C, presente em frutas cítricas, age neutralizando os efeitos nocivos dos radicais livres no organismo e o Resveratrol, presente somente nas uvas, é um poderoso antioxidante, que defende as células mantendo-as em bom estado.

 

Ômega 3

 

A celulite é o terror de muitas mulheres. E o Ômega-3 pode ajudar bastante a combatê-la. Ele é encontrado nos peixes e na linhaça, e age de duas formas: combatendo processos inflamatórios e estimulando a produção de elastina, uma proteína de função estrutural que forma fibras elásticas.

 

Ácido Hialurônico

 

É um composto que promove a manter a hidratação prolongada na pele. Encontrado em carnes com pele e osso, o ácido ajuda a preservar a água ingerida no tecido dérmico por mais tempo.

 

Betacaroteno

 

Já para reforçar o bronzeado e combater eventuais manchas na pele, o Betacaroteno é essencial. Ele está presente em alimentos alaranjados, como a cenoura e o mamão, e a forma como age no organismo é colorindo as células que compõem a epiderme — chamadas queratinócitos.

 

 

O consumo dos nutricosméticos e a saúde

 

Uma das maiores musas brasileiras e símbolo de beleza, a atriz global Juliana Paes é usuária assídua da suplementação alimentar estética. De acordo com matéria publicada pela Marie Claire, a atriz consome uma combinação de suplementos que atuam como antioxidantes, minerais e proteínas que auxiliam no funcionamento do organismo e beneficiam até a memória.

 

Entretanto, além de tomar todos os suplementos com o acompanhamento médico, a atriz não abre mão de uma rotina saudável e de fazer exercícios. A médica dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Betina Stefanello, explica em entrevista ao portal Saúde Abril que o problema na suplementação é que “muita gente encara esse recurso como um substituto para a boa alimentação e outros hábitos importantes”.

 

O consumo de Betacaroteno, por exemplo, nunca será suficiente para criar uma barreira fotoprotetora sobre o corpo. Por isso, o uso do filtro solar ainda é imprescindível. Ou seja, os suplementos alimentares são úteis, fáceis de consumir, mas como uma complementação. Nunca para substituir outros cuidados com a pele.

 

A dose ingerida também deve estar correta. É por isso que o acompanhamento médico é tão importante. Certos suplementos só começam a fazer efeito no organismo a partir de uma concentração exata, que o consumidor pode errar. Outra questão é que não é possível afirmar que os suplementos vão agir especificamente na pele, ao invés de outro órgão ou tecido. Assim, a utilização de cremes ainda não pode ser substituída completamente por quem está fazendo uso dessas substâncias.


 

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.