GCM's impedem tentativa de suicídio em Araçariguama

Jovem foi entregue aos pais

Da Redação: Rafael Barbosa
Fotos: Reprodução / internet
Foto sobre "GCM

Agentes da Guarda Municipal de Araçariguama impediram a tentativa de suicídio de um rapaz na noite de segunda-feira (09). Segundo as autoridades, por volta das 21h30 a GCM foi acionada via telefone por uma pessoa informando que um jovem havia sentado no viaduto do KM 50 da Rodovia Castello Branco, dizendo que iria se jogar.

Diante da informação, uma equipe se deslocou até o lugar e realmente avistaram um rapaz que estava sentado no viaduto, olhando para a rodovia. “Dialogamos com ele e a todo momento ele falava que iria se jogar e que a vida dele não fazia mais sentido. Em um momento de distração do jovem, conseguimos imobilizar ele e puxar para fora da borda do viaduto”, informou o GCM Assis, a esta reportagem.

Após tirarem a vítima do perigo, os guardas conversaram com o jovem, que se acalmou e disse que sofria de depressão desde os 19 anos de idade.

PUBLICIDADEJORNAL DA ECONOMIA JE

O rapaz foi conduzido para o Pronto Atendimento de Araçariguama, onde foi medicado e após o atendimento foi entregue aos pais, que agradeceram ao trabalho da Guarda Municipal.

Combate ao suicídio

De acordo com dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM. O suicídio é a segunda maior causa de mortes entre jovens de 15 a 29 anos, sendo que no Brasil, 11 mil pessoas tiram a própria vida por ano, fazendo do suicídio a quarta maior causa de mortes de jovens entre 15 a 29 anos, a terceira maior de causa de morte entre os homens e a oitava maior entre as mulheres nessa faixa etária.

Diante destas estatísticas tão preocupantes, dezenas de ações são promovidas todos os anos incentivando o combate ao suicídio e que se intensificam neste mês, aderindo a campanha Setembro Amarelo. Uma das organizações mais conhecidas no combate ao suicídio é o Centro de Valorização da Vida (CVV), que realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone (188), e-mail e chat 24 horas todos os dias. Visite a página do instituto clicando neste link.

 

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.