Havan não procurou prefeitura para instalar loja em São Roque

Prefeitura Municipal afirma que não houve pedido de instalação na cidade

Da Redação
Fotos: Reprodução / internet
Foto sobre "Havan não procurou prefeitura para instalar loja em São Roque "

A Havan, uma das maiores lojas de departamento do Brasil, não pretende instalar uma unidade em São Roque, segundo informações da prefeitura municipal. Recentemente um portal de notícias da região e informações disseminadas através das redes sociais, veicularam que, em 2017, diretores comerciais da Havan estudavam a possibilidade junto ao poder público de instalarem uma unidade da rede as margens da Rodovia Castelo Branco, próxima ao Catarina Outlet e que, com pressão do grupo JHSF (responsável pelo Catarina) a prefeitura teria recusado a proposta.

Com a grande veiculação das informações, o governo são-roquense afirma que, na semana passada, foi realizada busca no sistema de protocolo e no Departamento de Planejamento Municipal para verificar se realmente a rede de lojas de departamentos chegou a ingressar viabilidade junto ao Município. As pesquisas constataram que não foi o caso.

Para certificar-se de que poderia ter tido alguma negociação informal a respeito, a prefeitura entrou em contato com o diretor de Expansão da Havan, Nilton Hang, que teria sido categórico em afirmar que “não houve pedido de instalação em São Roque”.

PUBLICIDADEJORNAL DA ECONOMIA JE

“Desta forma, a Prefeitura de São Roque alerta a população para os cuidados com as fake-news. Para isso é necessário verificar bem se o canal pelo qual a mensagem está sendo transmitida é confiável; se a fonte (pessoa citada no texto, responsável pela informação) é segura, possuindo identidade e idoneidade, além de confrontar com outros veículos para saber se realmente aquele fato procede. Também é importante ter certeza da veracidade da informação antes de compartilhá-la”, afirma a prefeitura em nota enviada a esta reportagem.

Deste modo, segundo o governo municipal, até o momento a Havan não pretende instalar-se na cidade e informações a este respeito devem ser consideradas Fake News.   

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.

  • Melissa

    Nenhuma empresa quer kkkkk