01/06/2019 às 15h29min - Atualizada em 03/06/2019 às 11h25min

Homem que assaltou taxista em São Roque não é assassino de menina Letícia

Acusado foi reconhecido pelo próprio taxista que havia roubado

O homem que assaltou um taxista em São Roque, na última terça-feira à noite (28), não é Horácio Nazareno Lucas, procurado pela Justiça sob a acusação de ter matado a própria filha, Letícia Tanzi, no ano passado. O taxista havia sido assaltado após realizar uma corrida até a região da fábrica Anjos Colchões, no bairro São Rafael e chegou a procurar a Polícia Civil para falar que o homem que o tinha assaltado era Horácio.

“A vítima compareceu ao plantão policial e disse que teria reconhecido o autor do roubo como sendo o Horácio, inclusive estava na posse da foto do mesmo. Os policiais civis trataram o caso com muita cautela, pois dificilmente Horácio iria se arriscar a praticar um roubo na área central de São Roque”, informou a polícia a nossa redação.

Entretanto, a informação não foi descartada e segundo as autoridades, após a denúncia de crime e de avistamento de Horácio, os policiais se dirigiram ao ponto de táxi e solicitaram imagens de segurança da região, ouviram relatos de testemunhas e foram até o local do roubo, nas proximidades da Fábrica Anjos Colchões.

Entretanto o próprio taxista reconheceu o homem que o roubo na manhã deste sábado (1°) enquanto o suspeito andava pela rua. A Polícia Militar foi acionada e, ao se dirigir até o local, encontrou o acusado e o encaminhou até o plantão policial onde foi representada a prisão temporária do investigado pelo crime de roubo e ajuizada a representação para o Plantão Judiciário de Sorocaba.

Preso na segunda-feira 

No entanto, como apreciação dos casos é feita até as 11h, e a apresentação e envio da representação foi encaminhada posteriormente a este horário, o marginal aguardou a manifestação judicial em liberdade até esta segunda-feira (03), quando seu o Mandado de Prisão Temporária foi expedido e policiais civis conseguiram encontrá-lo e detê-lo.

Ele não ofereceu resistência à prisão e foi encaminhado ao P.S Santa Casa de São Roque para exame cautelar. O acusado permanecerá detido na cadeia local pelo prazo de 30 dias até o fim das investigações e também irão apurar a sua participação em outros delitos ocorridos recentemente.

O acusado é morador do bairro São Rafael e foi interrogado e formalmente indiciado pelo crime de roubo.

“O indiciado é réu confesso, não possui passagens criminais e há mais de 3 meses vive em situação de rua uma vez que teria tido desentendimento com seus familiares. Devido ao desespero teria praticado o roubo. Com o dinheiro do roubo afirmou que comprou mantimentos, comida e roupas”, informou a Polícia Civil a nossa redação


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://jeonline.com.br/.