Entenda o funcionamento da Zona Azul no formato talão em São Roque

A Zona Azul abrange 23 ruas da região central da cidade

Foto sobre "Entenda o funcionamento da Zona Azul no formato talão em São Roque"

A Zona Azul de São Roque voltou à ativa através da venda de talões impressos nesta segunda-feira (11). A ação ocorre em parceria entre o governo municipal e a ACIA (Associação Comercial Industrial e Agrícola), com o objetivo de atender as reivindicações da população e dos comerciantes da cidade. Entretanto o sistema ainda traz muitas dúvidas a população. Confira como será o funcionamento do novo sistema.

Sobre os Talões

O sistema está sendo operado com talões impressos em papel e que são comercializados por R$ 2 reais a unidade e que cada um é válido pelo período de 1 hora. Nossa redação recebeu denuncias de que alguns talões estão sendo vendidos por preços mais elevados, neste caso recomenda-se que a ACIA procure outroo comércio em busca do preço correto. Segundo informações passadas a nossa redação pela Associação Comercial, cerca de 150 comércios municipais localizados em 23 ruas da região central de São Roque atualmente estão comercializando o talão, sendo que as lojas possuem um adesivo informativo em suas fachadas.

A Zona Azul abrange 23 ruas da região central da cidade, sendo que o novo sistema de talão conta com um período de tolerância de 10 minutos entre o estacionamento e a colocação do cartão. O período é controlado através de impressos amarelos que são colocados nos carros por guardas mirins, entretanto o sistema estava gerando dúvidas e confusão por parte de usuários.

Controle de tempo e multa

Diversos moradores foram às redes socais comentar que após estacionarem o carro passaram alguns minutos procurando pelo talão em comércios apenas para voltarem e se depararam com o impresso em seus carros, confundido o controle com uma multa de trânsito e sim um dispositivo de segurança para marcar o tempo da zona azul.

O agente emite o comprovante e o coloca no carro que ainda não conta com o talão e apenas após 10 minutos a partir deste tempo o carro será multado caso ainda não tenha o talão do estacionamento rotativo. A multa consiste em infração grave, com valor de R$195,23 e perda de 5 pontos na carteira de habilitação.

“Os recursos arrecadados destinam-se às ações do Departamento de Trânsito como pintura de sinalização viária, reparos em equipamentos como semáforos, campanhas orientativas e outras”, informou a Prefeitura.

A Zona Azul em papel será utilizada até a contratação de outra empresa por parte da Prefeitura ou caso a Justiça conceda a Troia Park o recurso feito pela empresa para que ela volte a atuar no município. Ainda não existe perspectiva para a substituição do sistema por talões.

Crédito nos botons

A Prefeitura de São Roque informou que o Departamento de Trânsito notificou a empresa Troia Park para apresentar um balanço dos créditos existentes nos botons do sistema de parquímetro, para posterior ressarcimento aos usuários.

 

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.