Greve na Santa Casa de São Roque é suspensa

Acordo expira no dia 10 de outubro, às 10 horas da manhã

Da Redação: Rafael Barbosa
Foto sobre "Greve na Santa Casa de São Roque é suspensa"
Creditos da imagem: Arquivo JE

A paralisação realizada pelos funcionários da Santa Casa de São Roque foi suspensa temporariamente na tarde de quarta-feira (03). Segundo o Diretor do Sindicato dos Funcionários da Área de Saúde (SINSAUDE), Pablo Carlos Pistila, foi feito um acordo com a Santa Casa, juntamente com uma nova comissão de saúde formada por integrantes do hospital, Prefeitura, Câmara Municipal e membros da comunidade civil, composta para avaliar a situação da irmandade e buscar alternativas para solucionar seus problemas administrativos e financeiros.

Após uma reunião, esta comissão entrou em um acordo com o sindicato e seus funcionários, de suspender provisoriamente a greve mediante algumas propostas. O acordo estabelece a aplicação de 2% do dissídio de forma imediata a folha de pagamento do mês de outubro (referente a setembro). Também foi pedido o prazo de uma semana para que a irmandade apresente uma proposta para o parcelamento referente ao pagamento do dissidio retroativo aos meses de maio, junho, julho, agosto e setembro.

Com o pacto estabelecido, os trabalhadores voltaram a seus postos e aguardam uma resposta com relação ao assunto. “ A greve está suspensa até o dia 10 de outubro, às 10 horas.  Aguardamos uma proposta da Santa Casa e da comissão de saúde e caso haja uma sugestão que seja aceita pelos funcionários, a greve será encerrada”, completou Pablo.

A paralisação dos funcionários ocorreu na manhã de segunda-feira (1°) pelo não pagamento do dissídio. O sindicato lembrou na ocasião que já existe um reajuste não dado aos funcionários e cujo processo já corre na Justiça, situação que inevitavelmente prejudica os trabalhadores da categoria.

Trabalhadores da Santa Casa e sindicato chegaram a buscar apoio da Câmara Municipal, na própria segunda-feira, onde foram informados pelos vereadores que a Casa de Leis concordaria em repassar a verba que deveria ser devolvida a prefeitura no final do ano com a indicação de que o valor fosse direcionado para o hospital. A ação já foi tomada em outros anos e ajudaria a arcar com gastos relativos ao décimo terceiro salários dos profissionais.

Em nota emitida através das redes sociais, a Santa Casa afirmou em nota que o hospital sempre atendeu a todos e que buscava manter o atendimento à população apesar da paralisação, que deveria servir como uma alerta a população, sobre a situação difícil da irmandade, bem como sua importância e necessidade de uso consciente por parte dos munícipes. “Se todos se conscientizarem do papel da Santa Casa, atendimento de urgência e emergência, esse acolhimento poderá ser realizado sem sobressaltos e com essa colaboração temos a certeza que atravessaremos essa situação com diminuição dos reflexos ruins para a sociedade”, completou a irmandade.

Já a Prefeitura de São Roque também informou em nota que tem feito seus repasses a irmandade dentro do acordo estabelecido com o hospital e que busca ações que possam auxiliar a irmandade.

PUBLICIDADE Betway_Casino_Cassino_Online - Bonus 2018 - Mercia 2

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.