Porcelanato – dicas úteis na hora da escolha do piso

A Arquiteta Patrícia Tozzi da dicas sobre a escolha deste material

Foto: divulgação
Foto sobre "Porcelanato – dicas úteis na hora da escolha do piso"

- Foto: divulgação

O TAMANHO CERTO

Nos últimos anos os porcelanatos em grandes formatos chegaram ao mercado. Peças lindas e imensas com 90×90, 60×120, 120×120cm… Elas chamam a atenção e encantam a todos. E ao contrário do que muita gente pensa, elas podem sim ser usadas em pequenos ambientes.

– Observe na planta do ambiente, se o piso que você tanto gostou precisará de muitos recortes.

– Meça quantas peças inteiras você terá no ambiente e veja se o possível resultado lhe agrada, antes de comprar o porcelanato.

A COR CERTA

Cores claras em tons de branco e bege, sempre são indicadas para ambientes pequenos.

Mas a escala de cinza e tons cimentícios mais claros se encaixam perfeitamente em uma proposta com a finalidade de ampliar espaços.

Uma nova tendênciaé aplicar porcelanatos que fazem releituras da madeira. São cores leves, que conferem conforto e aconchego.

Observe ainda se o piso que você deseja adquirir,possui pequenos relevos que reproduzem pedras naturais, ou se ele possui múltiplas faces devido a impressão digital. Estes pisos quando colocados lado a lado causam a impressão de ser uma pedra única.

Após escolher o piso, vamos para o rejunte. Se você deseja destacar as peças, opte por um rejunte de cor contrastante. Se você deseja obter a impressão de um piso mais uniforme como de uma pedra única, escolha a cor do rejunte mais próxima do tom da borda do piso escolhido.

Uma dica importante é posicionar os porcelanatos de formatos retangulares, de modo avalorizar o espaço de acordo com o desenho da peça. Se ele possui linhas, use- as a seu favor, aplique-o com as linhas posicionadas para a parte que você deseja ampliar.

Outra dica é usar porcelanato igual ao da parede e na mesma direção. Se for um ambiente como uma sala que não tem porcelanato na parede, opte por ter a mesma cor na pintura da parede e no porcelanato, neste caso vale dispensar o uso de rodapé. O resultado é uma sensação de continuidade.

O que também dá um bom resultado é manter a uniformidade dos pisos da casa. Escolha um estilo e procure não mudar muito de um ambiente para o outro. A sofisticação também se dá pela semelhança e clareza que o porcelanato confere a casa como um todo.

Arquiteta Patrícia Tozzi

Projetos Residenciais, Comerciais e de Interiores

4712-2735 / 96641-2776

APOIO   

  

 

   

 

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.