Construtora investe em apartamentos para estudantes universitários de São Paulo

Seguindo o modelo ‘student housing’, moradias para estudantes atraem atenção do ramo imobiliário no Brasil

Foto sobre "Construtora investe em apartamentos para estudantes universitários de São Paulo"

O mercado imobiliário brasileiro está investindo em um novo segmento voltado para estudantes universitários. Em São Paulo, a construtora Mitre Realty pretende lançar, ao longo dos próximos meses, um empreendimento para atender aos alunos que desejam morar perto do local de estudo. De acordo com a empresa, serão investidos cerca de R$ 40 milhões na construção de edifício com apartamentos em São Paulo para estes estudantes

Fabrício Mitre, diretor-presidente da construtora, explica que os cômodos serão planejados e confortáveis. O objetivo é facilitar o dia a dia dos estudantes e diminuir o tempo com locomoção.

"São apartamentos menores, já mobiliados, com serviço de arrumação incluso e perto de centros de estudos", diz o executivo.

O projeto será feito em parceria com a empresa norte-americana Redstone, especializada em aluguel de dormitórios estudantis, com quem a construtora brasileira planeja formar uma associação para explorar este segmento.

A expectativa para os próximos quatros anos é que as companhias invistam R$ 340 no setor. Ainda em 2017, está prevista a construção de outro empreendimento de apartamentos próximo à Universidade de São Paulo. Com aporte de R$ 80 milhões, o projeto aguarda alvará para ser iniciado.

Segundo a Mitre, o preço do aluguel ficará na faixa de R$ 2.600, incluindo o condomínio. A empresa afirma que o valor é praticamente o mesmo dos dormitórios disponíveis na região. A diferença é que, além de mobiliados, os imóveis da Mitre terão sala de estudo no prédio, piscina e academia para os estudantes.

Mercado em alta no exterior

O segmento de moradia estudantil ainda é pouco explorado no Brasil, mas é bastante comum nos Estados Unidos e em países da Europa. Conhecido como ‘student housing’ no exterior, esse setor cresce a cada ano para atender a um público com necessidades parecidas e, geralmente, com a mesma idade.

Uma pesquisa realizada pela consultoria imobiliária JLL demonstrou que foram investidos £ 3,2 bilhões, equivalente a R$ 12 bilhões, no Reino Unido em 2016. No Brasil ainda não foi feito um levantamento sobre os números do 'student housing', mas especialistas acreditam que o país tem forte potencial para crescimento.

O interesse das empresas no setor estudantil é reflexo da crise no mercado imobiliário brasileiro, que fez com que as companhias repensassem as formas de fazer negócio e criassem novos produtos para os consumidores. A crescente demanda de universitários em busca por instituições de ensino fora de sua cidade de origem também impulsiona o setor. Ao todo, são mais de dois milhões de potenciais clientes em todo o país.

O investimento em Student Housing é bastante desenvolvido no hemisfério norte e costuma trazer retorno para os investidores. As empresas constroem moradias nesse formato e colocam para locação.

Trata-se de um modelo bem mais organizado que as tradicionais repúblicas estudantis, pois oferecem gestão profissional, ambientes modernos, segurança e infraestrutura adequada para atender a estudantes de diferentes níveis, incluindo alunos da graduação, pós-graduação, MBA, pesquisadores e até mesmo professores universitários.

Saiba mais sobre a Mitre Realty

A Mitre Realty atua no setor da construção civil há mais de 50 anos, sempre priorizando o relacionamento com os clientes e modernas práticas de gestão em seus projetos. A empresa tem forte atuação em São Paulo, onde possui inúmeros empreendimentos na Zona Norte da capital, mas está preparada para expandir o negócio para outras regiões do Brasil.

Sinônimo de inovação, qualidade e confiabilidade, a Mitre tem o objetivo de ser referência no mercado de incorporação imobiliária e líder em satisfação de clientes, colaboradores e acionistas. Ética, transparência, comprometimento, ousadia e resultados são alguns dos valores da companhia.

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.