Desbravando novos mundos em MASS EFFECT ANDROMEDA

Saiba mais sobre o novo jogo da série que redefiniu a ficção cientifica no mundo dos games

Foto: Reprodução / Internet
Foto sobre "Desbravando novos mundos em MASS EFFECT ANDROMEDA"

Da Redação: Rafael Barbosa - Foto: Reprodução / Internet

Mass Effect redefiniu a ficção cientifica no mundo dos games. Ao narrar às aventuras do Comandante Shepard e seus amigos, para salvar o universo dos Reapers, à série apresentou ao jogador um mundo fantástico e apaixonante, além de popularizar conceitos que passaram a ser utilizados por outros jogos, como o fato de suas decisões influenciarem a história do jogo. Agora, um novo jogo da série está prestes a chegar às prateleiras das lojas e as expectativas não poderiam ser maiores. MASS EFFECT ANDROMEDA será lançado oficialmente no dia 21 de março, para PlayStation 4, Xbox One e PC e promete levar o jogador a uma nova galáxia cheia de possibilidades.

O jogador será um dos membros da Iniciativa Andrômeda, um projeto que enviou ao espaço cinco grandes arcas que representam cada uma das raças que fazem parte da aliança intergaláctica, em uma viagem de 600 anos até a galáxia Andrômeda, com o objetivo de colonizar novos mundo e iniciar uma nova era de descobertas.

Controlaremos um dos filhos de Alec Ryder, o comandante da Hyperion (a nave da humanidade) e o veremos evoluir até se tornar o representante da raça humana neste novo universo, afinal após mais de meio século de viagem, os membros da iniciativa descobrem que esta nova galáxia já é habitada e que os seus moradores não estão interessados em dividir sua casa.

Liberdade para explorar um novo mundo

Se tivéssemos que descrever MASS EFFECT ANDROMEDA em apenas uma palavra, ela seria “liberdade”. Todas as decisões estarão nas mãos do jogador, começando sobre qual dos irmãos Ryder iremos controlar (Scott ou Sarah) e qual será a aparência do nosso herói ou heroína. Se nos outros jogos da série tínhamos que lidar com raças de outros mundos, agora nós somos a raça alienígena e segundo os desenvolvedores do game, este conceito é essencial, pois a intenção é fazer o jogador sentir aquela sensação de descoberta que esteve presente no primeiro MASS EFECTT.  “Exploração é a palavra-chave de MASS EFFECT ANDROMEDA. Queríamos regressar à sensação de explorar planetas desconhecidos, de voltar a um cenário épico e espacial", afirmou Fabrice Condominas, um dos produtores do game, ao portal Gamereactor.

Comandaremos nossa própria nave, a Tempest, e com ela desbravaremos planetas em busca de aventuras e os recursos necessários para evoluir nossa própria frota. Viajar pelo espaço será uma experiência diferente dos outros jogos da franquia graças a potencia gráfica desta geração de consoles, que permite que o jogador veja o universo em tempo real através das janelas de sua nave.

A Bioware (desenvolvedora do game) diz que cada um dos planetas que visitarmos durante o jogo terá sua própria atmosfera e sua própria história, sendo que alguns destes ambientes serão gigantescos. "Existem planetas do tamanho de todas as áreas combinadas de DRAGON AGE: INQUISITION. Não são todos, mas isso deve dar uma idéia da escala que temos para o jogo", afirmou Condominas. Para explorarmos regiões tão vastas, contaremos com a ajuda da Nomad, um veículo parecido com um tanque, que pode desbravar qualquer terreno e que será essencial na aventura para estabelecer pontos chave onde você poderá reabastecer equipamentos e extrair provisões.

Conversas e tiroteios pelo espaço

Mas embora seja divertido desbravar o universo com sua nave ou explorar um novo planeta com seu tanque, estes são apenas alguns dos aspectos que teremos a nossa disposição. A interação com os personagens do game sempre foi um dos pilares da série Mass Effect e isto não irá mudar em Andrômeda.

A forma como estas interações acontecerão estará totalmente por conta do jogador. Quando conversamos com outro personagem, poderemos escolher entre as opções de dialogo existentes para dar rumo à interação, que pode terminar de forma pacifica ou dar início a uma boa briga. Ao contrário dos jogos anteriores, onde nossas respostas seguiam um tom mais preto e branco, do tipo “cara bonzinho" ou "herói linha dura”, agora o jogador terá que escolher se dará uma abordagem lógica ou emocional a suas respostas, se o que irá dizer terá uma conotação mais profissional ou casual.

Desta forma nossas opções de interações com os outros personagens serão mais abrangentes e variadas, assim como o tipo de relacionamento que poderemos construir com eles, se pretendemos conquistar sua confiança, construir uma relação romântica e duradoura ou termos apenas uma aventura de uma noite. Nossas escolhas nunca foram tão importantes, pois elas não apenas moldarão o rumo de nossa história neste ambiente desconhecido, como também com as pessoas que estão neles.

Mas claro não vamos ficar apenas de conversa afiada, afinal quando a diplomacia não funciona, é hora de sacar as armas e partir para o ataque. Os combates são uma parte fundamental do jogo, mas existe uma série de mudanças em relação aos outros jogos da série que prometem expandir as possibilidades e dar ainda mais liberdade ao jogador. Para quem jogou algum jogo da trilogia Mass Effect os embates não serão surpresa, seguindo o estilo clássico dos jogos de ação em terceira pessoa, onde controlamos nosso personagem enquanto damos ordens para nossa equipe, mas agora a sensação de liberdade será muito mais interessante.

Não existe restrição de armas como nos jogos anteriores, então você e seu grupo poderão usar os “brinquedinhos” que quiserem e isso também vale para a forma como evoluímos nosso personagem. Temos três tipos básicos de poderes que podem ser destravados com os pontos de experiência que ganhamos durante o jogo (combate, tecnologia e biótica), sendo que cada uma delas é própria para um tipo de abordagem durante as batalhas. O jogador que se focar em combate evoluirá até se tornar um verdadeiro exercito de um homem só, enquanto que a classe tecnológica permite abordagens mais estratégicas e os bióticos são excelentes membros de apoio.

Você pode se concentrar em apenas um deles ou pode misturá-los para formar um estilo de combate só seu, afinal existem mais de 300 variáveis de poderes e habilidades no jogo. A grande diferença é você sempre poderá rearranjar os pontos gastos em qualquer uma destas habilidades sempre que quiser, o que permite que você esteja sempre experimentando novas estratégias durante o jogo e personalizando seu personagem.

Mas não se preocupe se o número de opções te assustou, pois você pode deixar que o jogo escolha uma combinação de poderes bacana para que você aproveite a aventura do seu próprio jeito, pesquisando as melhores habilidades antes de cada combate ou apenas aproveitando a sensação de ser um super soldado.

MASS EFFECT ANDROMEDA promete ser o jogo mais ambicioso já lançado para a franquia. Ainda é cedo para descobrirmos se o game será tão importante quanto foi o primeiro MASS EFFECT, mas uma coisa é certa, como diria o Capitão Kirk, ele nos levará aonde nenhum homem jamais esteve.

 

Comentários:

Suas informações de contato não serão divulgadas.