Cloud computing? Computação em nuvem?O que é isso?

Cloud computing? Computação em nuvem?O que é isso?

- Foto: Divulgação

Uma das principais características da tecnologia é a criação de termos e conceitos que mudam os pensamentos e atitudes das pessoas que utilizam ela como parte de sua vida social e profissional.

Uma dessas palavras é o que chamamos de computação em nuvem ou cloud computing. Quantas vezes não ouvimos dentro da empresa que os dados estão na nuvem, que o novo sistema vai funcionar na nuvem, que o armazenamento e os backups precisam estar na nuvem, mas o que significa isso?

O principal objetivo desse conceito e poder utilizar ferramentas e serviços apenas pela internet. Apesar de ser um novo termo de tendência das empresas provavelmente você já utiliza sistemas e serviços em nuvem. Um exemplo é o seu e-mail pessoal (Hotmail, Gmail, etc..) onde de qualquer máquina com acesso a internet você têm acesso as suas mensagens particulares independente do local físico. As redes sociais e as ferramentas que armazenados arquivos na internet também fazem parte desse grupo.

O grande motivo de estarmos lidando com essa tendência dentro das empresas refere-se ao custo benefício que os sistemas em nuvem podem trazer, principalmente nos custos de licenças de softwares e equipamentos dentro da empresa, o qual com a computação em nuvem todo esse processo é terceirizado e seu custo se torna mais acessível e viável.

Para as empresas essa é uma solução muito satisfatória, além da mobilidade de acesso a esses serviços e dados de qualquer local com conexão de internet disponível, porém como tudo na tecnologia não são somente flores esse e um ponto vulnerável da computação em nuvem, a conexão de internet.

Somente temos o acesso aos dados caso à conexão de internet esteja disponível. Ao contrário não temos os dados disponíveis, mas algumas empresas que oferecem os serviços em nuvem possuem aplicações que podem trabalhar off-line, ou seja, possui uma versão instalada localmente na máquina e sincronizam os dados de acordo a conexão esteja estabelecida. Nesse caso mesmo sem a conexão é possível trabalhar com os dados mesmo sem o funcionamento da internet.

A decisão da escolha de utilização desses serviços dentro da empresa precisam passar pela análise referente a custos (licenças, máquinas), disponibilidade da informação (precisam estar disponíveis 24 horas? De qualquer lugar) e a importância das mesmas no caso de backups de dados, sem esquecer da conexão dentro da empresa, lembrando que não é necessário colocar todos os serviços corporativos  em nuvem.

Aproveitando a coluna gostaria de parabenizar o JE pelos seus 25 anos de trabalho com muita dedicação, seriedadee respeito com seus leitores com um jornalismo sério e comprometido com a cidade de São Roque e região.

Fonte: Paulo Eduardo Galvez Júnior

Prof. Paulo Eduardo Galvez Júnior

Consultor, Empresário, Professor Universitário, Coordenador de projetos de formação de professores.[email protected]

Foto

Prof. Paulo Eduardo Galvez Júnior

ver mais
Publicidade:

mais de Prof. Paulo Eduardo Galvez Júnior

Comentários:

1