Confira a nova edição da coluna semanal Olhar Econômico

Confira a nova edição da coluna semanal Olhar Econômico

Olá, investidores!

Nesta semana voltamos com a coluna Olhar Econômico.

Na última, mencionamos a importância de poupar e demos exemplos de como começar a montar uma reserva de emergência: o primeiro passo para estruturar seus investimentos. Essa semana vamos ajudá-los a pôr em prática essas dicas para entendermos passo a passo como encontrar investimentos com maior rentabilidade e que façam sentido a cada perfil de investidor.

Vamos lá! Você sabe o quanto ganha de verdade? Entende o quanto gasta no mês? Antes de mais nada é imprescindível ter um bom controle financeiro. Também é importante considerar possíveis imprevistos para evitar surpresas no futuro. Comece por resolver as pendências financeiras, mapeie suas dívidas e as negocie, desse modo você evita que seu dinheiro comece a se perder entre os pagamentos. Ajustar o padrão de vida para gastar menos do que ganha é a melhor alternativa para evitar que este cenário se repita. Assim, você consegue poupar e direcionar os recursos para os investimentos e, consequentemente, para o seu futuro. É fundamental se preocupar com a frequência dos aportes. A constância deles será indispensável para acumular patrimônio ao longo do tempo e potencializar a atuação dos juros compostos.

Uma vez criado um hábito de organização e planejamento financeiro, para optar pelos investimentos mais adequados ao seu perfil, é necessário ter em mente seus objetivos e os prazos com que pretende alcançá-los. Por exemplo, se seu objetivo é comprar uma casa em 5 anos, as suas decisões de investimento serão diferentes em relação à meta de se aposentar dentro de 20 anos. Ou seja, se você pretende entender como começar a investir de maneira adequada, é fundamental fazer uma avaliação completa de cada um dos seus objetivos e os prazos que você tem para cumpri-los. Aqui, é preciso cuidar para ser realista. Afinal, de nada adianta projetar uma meta de grandes proporções para o próximo ano se você não terá oportunidades de alcançá-la. Por isso, tenha cautela e máxima atenção na hora de definir seus planos de curto, médio e longo prazo.

Durante esse processo, é fundamental se munir das principais informações das quais você precisa para fazer as escolhas mais adequadas para você. Entre os pontos que você deve se atentar estão conhecer o seu perfil de investidor, avaliar as alternativas de investimento disponíveis no mercado – e conhecer seus riscos – identificando as opções que mais se alinham ao que você procura, isso de acordo com aqueles objetivos definidos anteriormente. É essencial entender a importância da diversificação da sua carteira de investimentos e a escolha da melhor instituição para fazer seus aportes. A diversificação ocorre mediante a distribuição de recursos entre alternativas variadas do mercado. No jargão do mercado financeiro, significa não deixar todos os ovos em uma só cesta. O objetivo é diminuir ou equilibrar os riscos. Afinal, com o dinheiro distribuído entre as possibilidades, há menos chances de grandes perdas diante de um impacto negativo. Ao mesmo tempo, a diversificação pode ajudar a potencializar os ganhos.

Na sequência você verá em detalhes o desenvolvimento de cada uma dessas questões e os passos seguintes para alcançar seus objetivos através dos melhores investimentos. Acompanhe!

(xx) xxxx-... ver número

Foto

Felipe Soares Leite Negro

Felipe Soares atua como assessor de investimentos da EWZ CAPITAL.

ver mais
Publicidade:

Comentários:

1