FÉ E TEIMOSIA EM SER FELIZ

FÉ E TEIMOSIA EM SER FELIZ

A última conversa com a Dona Wilma Boccato se deu enquanto ela coordenava as  obras de manutenção na fachada da Igreja São Benedito. E se engana quem acha que ela me contou isso para colher louros de vitória.  Mas a Coluna Vitrine nasceu justamente para dar visibilidade a pessoas e projetos que não fazem questão de estar na mídia, mas que merecem que suas ações sejam conhecidas para servirem de incentivo, representatividade e por que não dizer de fé. Aliás, foi pela sua devoção e fé em São Benedito que a conheci. Ela cuida da igreja do santo há 30 anos ininterruptos. A tradição talvez tenha vindo da sua mãe que enfeitava andores para as procissões que, naquela época, levavam os santos da Igreja Matriz de São Roque. E não pense você que as tarefas dela se resumem em abrir e fechar as portas do templo. Sua militância católica vai muito além disso. Ela organiza as Festas de São Benedito que ocorrem no dia 06 de Janeiro. Aliás, foi ideia dela incluir crianças vestidas de Magos na procissão  depois que percebeu que o dia de Reis e de São Benedito coincidiam na mesma data. E tudo isso não é representatividade? Estamos falando de uma mulher com 89 anos, portanto na quarta idade, viúva e  que continua na luta pelo que acredita. Ela podia parar e  literalmente entregar as chaves. Simplesmente ir curtir suas três filhas e família. Com certeza seria mais fácil e mais cômodo. “Mas eu gosto, nego”, me responde ela todas as vezes que pergunto por que ainda insiste. Claro que ela não segue nesta empreitada sozinha. Ela sempre faz questão de ressaltar que  muita gente ajuda com doações, ofertas, rifas, materiais e quase tudo o que ela precisa na igreja. Será que ela é teimosa? Tenho certeza que sim. Ao contrário, não estaria na ativa até hoje. Alguns podem ver isso como defeito e outros como virtude. Como tudo na vida, o ponto de vista depende de quem olha e do ângulo que observa. Particularmente eu não conheço pessoas realizadoras que não sejam teimosas. Eu a vejo como uma inspiração e confesso que também como uma ótima fonte de risos e gargalhadas a cada conversa que tenho com ela. Viva!

 

Foto

Rogério Alves

Rogério Alves estudou regência na ULM (Universidade Livre de Música), é formado em prática de regência pelo Conservatório J. S. Bach e Gestão Pública pela UNIP. Atua na área da cultura, educação e da assistência social há mais de 20 anos. Foi criador de projetos como o Auto de Páscoa, Núcleo de Artes do CEC Brasital. Foi premiado pela criação do Programa de Boca Aberta - Musicalização Estudantil - escolhido para...

ver mais
Publicidade:

mais de Rogério Alves

Comentários:

1