Em busca de soluções

Confira mais uma edição da coluna na "Na ponta da agulha"

Em busca de soluções

Diariamente pessoas e organizações se encontram diante de uma questão: Como tomar decisões que resolvam situações existentes no curto prazo, sem que os efeitos das mesmas sejam desastrosos no longo prazo? A resposta a esse questionamento está relacionada à presença de cenários mutantes e competitivos. Simples assim! Sim e não. A adoção de decisões efetivas implica na aceitação de novas posturas as quais podem conduzir a múltiplos conflitos.

No Brasil a presença de pequenos empreendedores é um fato concreto e como decorrência a grande maioria deles diariamente encontrava-se diante dessa interrogação. Surgem então inúmeras dúvidas pois nem sempre eles dispõe de acesso fácil a orientações oferecidas a pessoas e organizações com poder aquisitivo diferenciado. No entanto, existe um conjunto de passos, que podem favorecer a aceitação de medidas focadas na solução de distintos problemas.

Esse procedimento, de um lado, é representado pela construção de uma rede de contatos ou network, e de outro pelo uso de ferramentas capazes de reconhecer e favorecer a solução de situações complexas. Em sua essência o network, deve ser estruturado com base na identificação e contínua aproximação de pessoas ou organizações, efetivamente contributivas, que valorizem o trabalho em equipe como forma de proporcionar o desenvolvimento sadio e efetivo: Em outras palavras cada pessoa ou organização deve, em decorrência de suas metas, construir essa rede. O processo de localização e solução de problemas, por outro lado, constitui-se em ação sequencial capaz de propiciar a obtenção dos resultados desejados. Está última abordagem é eficiente desde que seja adotada uma abordagem não emocional, para depois propor o desenvolvimento de ações focadas nos resultados desejados.

Em suma as etapas a serem adotadas nesse processo dizem respeito à análise, compreensão e prática dos seguintes procedimentos: a) Identificação do problema; b) Identificação das causas determinantes da sua existência; c) Desenvolvimento de soluções; d) Aplicação das soluções; e) Avaliação dos resultados; f) Aprimoramento das soluções ou sua substituição; g) Aplicação das novas soluções; h) Nova avaliação. Processo que efetivamente é cíclico, pois, sempre estarão presentes novos cenários a serem considerados.

Em resumo como as realidades são mutáveis é importante considerar que: a) não existem soluções definitivas; b) o ótimo é inimigo do bom; c) é fundamental a prática da objetividade, do foco e da persistência.

 

Foto

Francisco Sacramento

Palestrante/professor especializado em atendimento ao cliente e gestão de recursos, Francisco Sacramento. Administrador de Empresas Graduado e Pós-graduado pela Fundação Getulio Vargas – SP, mestre em Administração pela UMESP – Universidade Metodista de São Paulo. Professor, palestrante, fotógrafo, orquidófilo. Membro da Academia de Letras Araçariguama (cadeira Guilherme de Almeida). É autor de artigos científicos ...

ver mais

mais de Francisco Sacramento

Comentários:

1