Já é possível dimensionar Messi na história do futebol?

Em qual patamar, da história do esporte, está o craque argentino?

Já é possível dimensionar Messi na história do futebol?

Descrição

No último 23/02, o craque argentino Lionel Messi deu mais um show, numa atuação que assombrou o mundo. Messi anotou três gols espetaculares e ainda deu uma linda assistência para o gol de Luis Suárez. Esse foi o 50º hat-trick na carreira do argentino, o 33º gol e a 11ª assistência na temporada. Esses números e atuações, fazendo-se a ressalva de que o time do Barcelona, no geral, não faz uma boa temporada, tornam-se ainda mais impressionantes. Esses fatos levam o mundo do futebol a questionar: em qual patamar, da história do futebol mundial, está Lionel Messi?

 Diversos jornais europeus já colocam Messi como o maior jogador da história, o chamando de G.O.A.T. (Greatest Of All Times), entretanto, pelo título de “Rei do futebol” pertencer à um brasileiro, essa discussão sobre o “Maior de todos os tempos” dificilmente é colocada em pauta, no Brasil. Aqui, o maior é o Pelé e ponto.

 Quando comparamos Messi com o outro grande craque da história da Argentina, Diego Maradona, começa-se a criar um consenso de que o atual capitão da Seleção Argentina é sim o melhor jogador argentino de todos os tempos. Digo o melhor porque dificilmente Messi será o maior. A figura de Maradona é quase que insuperável. Sua atuação contra a Inglaterra na Copa de 86, levando-se em conta todo o cenário político que estava posto, devido a Guerras das Malvinas que tinha ocorrido quatro anos antes, certamente está na memória de todos os argentinos que assistiram aquele jogo. Maradona tem um carisma, um espírito argentino e uma representatividade que dificilmente Messi obterá. Entretanto, quando se compara os números, Lionel leva grande vantagem. O atual capitão do Barcelona tem 650 gols na carreira contra 365 de Maradona, além dos inúmeros títulos conquistados pelo Barcelona, títulos individuais e diversos recordes quebrados. A grande questão nessa comparação e talvez na carreira de Messi é o fato dele não ter conquistado uma Copa do Mundo.

Apesar de ser o maior artilheiro da história da Seleção Argentina, Lionel é muito questionado pelo fato de ter apenas uma conquista olímpica com a seleção e nenhum título com a seleção profissional. Essa falta de títulos faz muita gente achar que Messi não brilha com a seleção, mas essa é uma visão equivocada dos fatos. Um exemplo disso foi o último jogo das eliminatórias para a Copa de 2018 onde a Argentina precisava da vitória e o craque anotou um hat-trick, classificando assim a seleção na bacia das almas para o mundial. É evidente que Messi não tem a mesma magia na seleção, que tem no Barcelona, mas dizer que ele não joga bem na Argentina, sendo o maior artilheiro da história da seleção é uma mentira.

 Não acho que enquanto ele jogar seja possível dizer se ele é ou não o melhor jogador de todos tempos, mas levando-se em conta os gols, assistências, passes chaves, dribles, jogadas impressionantes sua dinâmica de jogo sendo letal em todas as áreas do campo, pode ser que Messi seja sim um jogador único na história do futebol e talvez o melhor. O fato dele nunca ter ganho uma Copa do Mundo não tira o brilho e a magia que o argentino apresenta dentro de campo. Diversos craques como Di Stéfano, Puskás, Eusébio, Cruyff, Zico, Platini e Maldini também nunca ganharam uma Copa mas isso não diminui em nada a representatividade que eles têm no futebol. E usando a frase que o jornalista Fernando Calazans usou para falar de Zico, eu digo: se o Messi nunca ganhar uma Copa, azar da Copa.

PUBLICIDADE Betway_Casino_Cassino_Online - Bonus 2018 - Mercia 2
Foto

Leonardo Casemiro de Oliveira Faria

Leonardo é formado em Gestão pública pela Uninove e atualmente cursa Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul

ver mais

mais de Leonardo Casemiro de Oliveira Faria

Comentários: