Leitor questiona Prefeito Cláudio Góes sobre salário dos professores de São Roque

Confira o questionamento do leitor Maurício Volcov Viveiros para a coluna Fala Prefeito São Roque

Leitor questiona Prefeito Cláudio Góes sobre salário dos professores de São Roque

- Foto: Arquivo / JE

Sou funcionário da prefeitura do setor da educação e professor há 15 anos. Passei por diversas gestões e nunca houve uma atenção aos professores relacionada a valorização salarial, onde acumula-se perdas, nos últimos 5 anos, de 72%. Sabemos da atual situação econômica de nosso município, bem como a do país, mas queria saber se há uma proposta concreta de valorização salarial para os professores, já que somos a categoria que com curso superior que possui o salário mais baixo."

Maurício Volcov Viveiros

R – Prefeito Claudio Góes

Bom, caro Maurício, obrigado pela pergunta e pela oportunidade de esclarecer este assunto que é tão importante para os funcionários da educação, a quem eu tenho o maior respeito, principalmente por preparar aqueles que amanhã serão o futuro de nosso país.

Em função da precariedade de recursos que são arrecadados nos municípios brasileiros, o Governo Federal há mais de duas décadas se incumbiu da responsabilidade de custear, melhorar e valorizar os salários dos profissionais da educação básica do país. Com este fim foi criado o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais de Educação (FUNDEB), uma “cesta” de recursos formada por impostos diversos (Estaduais e Federais) que são transferidos anualmente a todos os municípios e Estados do país.

O FUNDEB dever ser destinado ao pagamento da remuneração dos professores e demais profissionais que exercem atividades de suporte, assim como às ações de manutenção das diversas unidades escolares.

Sem o FUNDEB o município de São Roque, diante de situação extremamente precária que se encontra, não teria condições de custear ou melhorar as condições salariais dos profissionais da rede municipal de Educação. Atualmente o repasse do FUNDEB não preenche nem mesmo a totalidade anual dos valores necessários ao pagamento da folha salarial dos profissionais referidos, necessitando que o governo municipal utilize outras fontes de apoio a educação para cumprimento dessa obrigação. Acredito que somente com o aumento significativo do orçamento federal destinado exclusivamente ao apoio da educação brasileira poderemos valorizar merecidamente esses profissionais que merecem todo o respeito no trabalho cotidiano do ensino de nossas crianças.

Foto

Fala Prefeito São Roque

ver mais

mais de Fala Prefeito São Roque

Comentários:

1